Tate no Yuusha no Nariagari #EP10 ⌈Análise Semanal⌋

Tate no Yuusha no Nariagari #EP10 ⌈Análise Semanal⌋

Ainda não viu a análise dos episódios anteriores? Então clique aqui para ser direcionado à página de análises de Tate no Yuusha no Nariagari!

Apresentação do episódio

O episódio de hoje veio para surpreender, finalmente pararam com aquelas Side Quests e estão partindo para Main Quest. Não cabe a mim falar o que eu esperava para esse episódio, já que eu não sabia o que esperar, e, normalmente, os últimos episódios usavam uma fórmula que se resume em: O grupo viaja, encontram alguém com um problema, Nao aceita ajudar por dinheiro (que na verdade não é ajuda né, mas continuando) então ele enfrenta um desafio, consegue vencer, pega o dinheiro e vai embora, e no episódio seguinte era a mesma coisa, eu já estava cansando disso, mas, aos poucos, isso está mudando. Agora vamos ao episódio que, desde o anterior, está ficando muito legal.

Primeira metade

Foi confirmado o que falei do Naofumi não confiar na Mel, por ela ser parte da família real, e isso é muito bem justificado. Mel tem um flashback do pedido da rainha, para que ela vá repreender o rei por sua atitude com o Herói do Escudo, ai vêm as dúvidas: Por que Melty mora com a mãe na prisão domiciliar e a Myne no castelo com o rei? Qual é a desse interesse da rainha no Nao? E o principal, de onde vem tanto poder da rainha, mesmo presa, para mandar que ela repreenda o Rei? Essa rainha ainda é um mistério, mas logo Mel vai contar o que se passa com a família real.

Finalmente o melhoramento de classe foi explicado, mesmo assim o Rei canalha proíbe que Nao use a ampulheta para subir de classe. Como outra alternativa Nao volta ao vendedor de escravos para buscar uma solução e finalmente é comentado sobre outros países, eu queria isso desde que ele pegou o passe de mercador, quero a expansão desse mundo, e também é revelado que existem outras ampulhetas pelo mundo, o que é muito curioso, mas também muito útil, já que agora ele não está mais tão preso só a esse rei safado que só atrapalha.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Segunda metade

Aproveitando a informação Nao compra garras de metal e rédeas novas para Filo, esse mercador de escravos é sortudo, Nao sempre compra alguma coisa quando vai lá, além de ter espalhado por ai a qualidade e raridade de seus escravos. Para treinar as garras ele os manda para o esgoto para matar um monstro que tinha lá, só estou comentando isso porque é muito clichê crocodilo no esgoto kkk. Raphtalia anda se sentindo mal com a chance de partida do Nao, ele também abordou isso da pior forma possível, com muita naturalidade e frieza, que só aumenta os medos dela de perder ele. Aparece rapidamente uma cena de um soldado não aceitando o passe de mercador do Nao, com certeza por ordem do Rei que só faz questão de atrapalhar a vida deles. Finalmente Itsuki é comentado e até aparece no anime de novo, aparentemente ele está associado a uma guilda e segue derrubando governos abusivos, Nao encontra um povo que foi “liberto” por ele, mas aparentemente eles logo começaram a sofrer com o mesmo problema de cobranças de impostos excessivos pelos novos líderes e acabam se tornando maltrapilhos e miseráveis.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

O grupo dos nossos Heróis volta para a capital para esperar o dia da próxima onda, e Nao vê Ren e Itsuki conversando, eles falam sobre alguém que anda por ai recolhendo suas recompensas, Ren e Itsuki descobrem que esse alguém é Nao, porém ele lindamente joga na cara de Itsuki as consequências de suas ações impensadas, e faz o mesmo com o Ren sobre o caso do dragão, Itsuki duvida, mas Ren realmente se mostra muito sensato e acreditou no Herói do Escudo. O pedaço de gema que Filo tirou do dragão e entregou pra Naofumi é incorporado em sua armadura que ganha habilidade autorreparo, e como o dragão voltou a vida por causa da gema só aumenta minha expectativa sobre a possível Filo zumbi. Os soldados e magos de Lute arranjam o dinheiro e é muito surpreendente a atitude do Naofumi de mandá-los comprar equipamentos para a batalha, mas o mais interessante é ele ganhar tantos companheiros, por essa eu não esperava mesmo, isso foi bem legal e apenas por reflexo das atitudes dele. Por fim a onda chega a e vilã da abertura aparece, agora sim o anime começa pra valer.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Conclusão

Esse episódio foi muito legal, muito mesmo, teve bastante informação e deu bastante corda do que esperar no futuro, e aumentou nossas expectativas para a onda no próximo episódio, acredito que a fama do Nao está começando a mudar, além da melhora nos acontecimentos dos últimos episódios. Acredito que daqui pra frente esse anime vai engrenar, não só no mundo com a ação e a viajem do protagonista para outro país, mas principalmente na intriga política do anime, que é focada na rainha. Espero estar certo. Até semana que vem com mais uma análise.

Nota do episódio: 4/5

Fábio Muniz

Tenho 18 anos, carioca, e sempre vou aparecer por aqui com uma noticia nova ou um texto sobre o mundo da dublagem, quando não estiver pagando mico no podcast.

Posts Relacionados