Code Geass – O que realmente aconteceu no final?

    ©Sunrise / Code Geass

Olá leitores do Animystic! Vulpixs aqui para mais um texto. Desta vez vamos falar um pouco do magnífico Code Geass, e sobre as dúvidas deixadas nas entrelinhas pelo seu final. Desta forma, este texto será recheado de SPOILERS! Sabendo disso, se você continuar prosseguindo com a leitura mesmo sem ter visto as duas temporadas do anime, não me responsabilizarei pelos danos futuros.

 

A Utopia de Lelouch

©Sunrise / Code Geass “A Ordem dos Cavaleiros Negros”

Antes de entrarmos a fundo no assunto da utopia imposta pelo protagonista de Code Geass, precisamos frisar a importância de seu desejo e de como surgiu toda sua vontade em “destruir” a Britânia, seu país natal.

O núcleo todo do ódio e brilhantismo para o destino que o Lelouch trilhou no anime, deve-se a uma única pessoa. Sim, sua irmã Nunnally na qual ficou “cega” e paraplégica por causa dos planos de seus próprios pais, o Imperador da Britânia Charles zi Britannia e sua esposa Marianne vi Britannia.

A partir desse abalo, Lelouch e sua irmã foram deserdados pelo próprio país e em seguida obrigados a viver no Japão. Assim, depois de um ataque do império britânico contra as forças armadas da nação japonesa em 2010, Lelouch Lamperouge deu início ao seu planejamento de vingança afim de trazer um belo mundo utópico onde Nunnally pudesse viver em paz pelo resto de sua vida.

O maior plot twist de Code Geass

Aposto que todos ficaram surpresos com o trajeto final de Code Geass, acertei? Pois é, se a sua resposta foi um “sim”, eu também fiquei atordoado. Quando todos pensávamos que Lelouch já não tinha mais esperanças, ele deu uma volta por cima e se apoderou do trono como o 99º Imperador da Britânia com Suzaku ao seu lado, nomeando ao título de Knight of Zero. Como se isso já não bastasse, Lelouch passa a fingir se tornar um verdadeiro demônio ditador após a guerra contra seu irmão Schneizel, e toma o controle político do mundo todo.

©Sunrise / Code Geass R2 “episódio 21”

Da mesma forma que fomos surpreendido até aqui, a direção de Goro Taniguchi nos dá um tapa na cara, que mais pareceu um golpe do Saitama. O plot twist deixado pelo final, com certeza foi um marco para história dos animes. Quando finalmente percebemos o objetivo e a mensagem em que Code Geass tentou nos transmitir, bate aquele suor nos olhos.

©Sunrise / Code Geass R2 “episódio 25”

O tempo todo, Code Geass tentou nos mostrar como Lelouch batalhava e desejava a paz para o mundo e para sua irmã. Todos os 49 episódios eram uma batalha intensa de mentalidade e corpo. Para assim, no final, nosso amado protagonista ser visto como um vilão no mundo todo. Logo ele que fez tanto pela paz e um alcance da utopia. Ver o Lelouch ali caído com um sorriso no rosto por ter conseguido o que queria, não importando a imagem que deixaria de si mesmo para seus amigos e para o mundo todo… É de partir o coração.

Mas afinal, o Lelouch realmente morreu? Não, ele não morreu! Para alguns isso pode parecer loucura, mas calma. Eu vou explicar.

Zero Réquiem

©Sunrise / Code Geass

Antes de explicar a teoria em que o Lelouch permanece vivo, temos de relembrar o que foi o Zero Réquiem. Pra quem não lembra, o Zero Réquiem é o plano orquestrado por Lelouch com a assistência de Suzaku e talvez a C.C. no sentido de trazer a paz pra esse mundo de guerra. Seu plano consistia em focar todo o ódio do mundo no Imperador Lelouch. Dar Suzaku como morto na ultima batalha contra o Schneizer e vencer a guerra tomando posse da Damocles (a arma com a F.L.E.I.J.A. que destruiria uma cidade inteira).

©Sunrise / Code Geass R2 “episódio 25”

Com todo o ódio que antes estava espalhado de lado a lado, agora estaria concentrado em um único ponto, em nosso protagonista. Consequentemente, Suzaku vestido de Zero, mataria Lelouch para finalmente erradicar todo o mal que teria juntado no mundo. Com a sua morte, Zero teria renascido como o verdadeiro símbolo da justiça, trazendo a utopia de paz pro mundo e o recriando a partir do “Zero”. Suzaku passaria a viver eternamente como Zero e nunca mais como “Suzaku”, se tornando o símbolo da justiça ao lado da 100ª imperadora britânica, Nunnally vi Britannia.

Os que sabiam do plano Zero Réquiem eram Suzaku, C.C., Jeremiah, Lloyd, Cécile, Sayoko e Nina. Mais tarde, na hora da execução, Kallen, Nunallly, Toudou e Kaguya perceberam qual era a verdadeira intenção do Lelouch com toda essa encenação.

Lelouch realmente morreu? A verdade escondida por trás do final

Antes mesmo de ser confirmada uma continuação para o Code Geass, no final de 2016 em um evento comemorativo de 10 anos, já existiam muitas teorias de que o Lelouch não teria morrido no episódio final. Mesmo todos os espectadores tendo visto o protagonista caindo no tapete real após ter seu peito atravessado com uma espada, existe um meio dele ter ficado vivo.

©Sunrise / Code Geass ” Ç_Ç “

Vamos voltar um pouco na parte em que Lelouch e companhia estavam no Mundo dos C. Nesse local, o Lelouch conseguiu destruir seu pai por completo e aprisioná-lo para sempre. Durante o momento, Lelouch desperta o poder máximo do Geass, obtendo o código.

Por conseguinte, ele passaria a ter uma imortalidade igual o do seu pai e também a posse do Geass nos seus dois olhos. A explicação de tal manifestação ainda é um mistério, e alguns acreditam que pode simplesmente ser a vontade dos Deuses do Mundo C (os verdadeiros portadores de Geass, no qual nunca foram mostrado para nós).

©Sunrise / Code Geass “episódio 21”

Outra forma também, é do Lelouch ter realizado o desejo da C.C. tomando para si a imortalidade que ela tinha, pegando o código dela e não o do Charles.

Imagem relacionada

©Sunrise / Code Geass

Como nunca foi totalmente explicado e só deixado nas entrelinhas, uma coisa é certa: O Lelouch, com o poder que tem, com sua determinação de criar um mundo feliz para sua irmã e com a inteligência que possuía, ele não deixaria pontas soltas em seus planos, fingindo ter tirado sua vida à própria morte (por mais que essa versão tenha sido muito linda de se ver). E no final de tudo isso, Lelouch simplesmente seguiu em frente sem ninguém saber do real plano do Zero Réquiem, exceto pela C.C., onde os dois poderiam sumir pelo mundo em uma linda carroça.

Para o fortalecimento dessa teoria, temos dois pontos:

  • Primeiro, em 2016 foi anunciada uma continuação de terceira temporada que mais tarde foi alterado pra um 4º filme na continuação da série de recapitulação (graças a Deus, pois não deveriam mexer nessa obra prima e sim deixar ela como está. Já que essa é a magia do Code Geass) intitulada como Code Geass: Ressurrection of Lelouch. Provando que Lelouch poderia mesmo ter forjado sua morte e “renascido” (ou simplesmente levantado) como Charles vi Britannia fazia.

©Sunrise / Code Geass

  • Segundo, tem uma cena extra bem no final do episódio 25 do R2, onde não foi mostrada no episódio de tv. A cena prossegue após a C.C. em cima de uma carroça, estar falando com alguém. Esse alguém provavelmente era o Lelouch. Ainda não convencido? Então siga este vídeo.
    Créditos do vídeo: Channel Light Yagami.

Pois bem! Terminamos mais um texto. Antes que venham me atacar com pedras, quero deixar claro que isso não passa de uma teoria (por sinal, mais que comprovada) embora não tenhamos provas concretas do que exatamente aconteceu no final de Code Geass: Lelouch of the Rebellion 2. Enfim, se você curtiu o texto ou deseja trocar alguma opinião, deixe um comentário aqui em baixo. Ficarei feliz em responder a todos. Um forte abraço do Vulpiscina e até mais!

Henry(Vulpixs) Yamaguchi

Fundador e CEO do Animystic. Moro no Japão desde pequeno até então, sou trabalhador diurno e editor de podcast nos períodos da noite. Amante de animes com boa história, leitura e tudo que envolva Mitologia Grega.

Posts Relacionados