Goblin Slayer #EP07 & #EP08 ⌈Análise Semanal⌋ (+16)


Goblin Slayer #EP07 & #EP08 ⌈Análise Semanal⌋

Ainda não viu a análise dos episódios anteriores? Então clique aqui para ser direcionado a página de análises de Goblin Slayer

Apresentação do Episódio

Gostaria de começar esta análise falando que finalmente tivemos algo útil para acrescentar na obra, algo que era uma deficiência GIGANTE para o anime de Goblin Slayer. Além de terem acrescentado alguns pontos chaves para a história, também incrementaram um pouco de fan service na obra. O fan service ecchi voltado pro anime ficou altamente perceptivo quando a produção teve que mostrar, nos dois episódios, alguma cena com as duas sacerdotisas nuas (com censura) ou semi-nuas, não somente isso, mas com ângulos de câmeras posicionados para sempre estar mostrando as pernas despidas da Priestess (Sacerdotisa nova) ou os “faróis acesos” da Sacerdotisa Donzela da Espada.

Momentos de ação dos dois episódios

Como sempre, as lutas continuam meia boca e sem uma animação que você possa considerar acima da média. Até aqui ainda não sabemos qual é o ponto que a obra está tentando focar, já que tanto o protagonista quanto os demais personagens não demonstram ter um objetivo claro por trás das aventuras vividas.

Mas, voltando a falar das partes de ações, tivemos um monstro diferente para cada episódio. No episódio 07 o Goblin Slayer e seu grupo passaram por um perrengue que quase os levou à morte. Por sorte, o Goblin Slayer acabou tirando forças  do infinito para acabar com o Goblin Champion. Contudo isso resultaria na “morte” dele e, posteriormente, em uma ressurreição milagrosa.

A segunda luta é mais para tapar buraco mesmo, literalmente. O Goblin Slayer monta um explosivo a base de farinha para explodir o monstro com olhos. Ao que parece este ser estaria guardando alguma espécie de espelho, o qual pode ser um portal que daria para algum lugar.

Pontos fundamentais para história

Indo para um lado mais místico, aparentemente o Goblin Slayer foi ressuscitado, com a “ressurreição milagrosa”, pelas sacerdotisas. Essa ressurreição consiste em fazê-lo dormir com uma sacerdotisa pura, ou seja, virgem. Logo no início do episódio, notamos que o Goblin Slayer acorda semi-nu ao lado da Priestess, toda nua ao seu lado, e que o mesmo havia dormido com as duas sacerdotisas naquela noite, mas o que não quer dizer que tenha rolado algo. O fato da tal ressurreição precisar de uma garota pura deve ser só pelo status de pureza mesmo, algo místico que só funciona com garotas virgens (o que é bem estranho e sem fundamento).

No episódio 8 podemos ver 3 pontos interessantes. Começando pelo primeiro, como havia citado anteriormente, FINALMENTE nos foi mostrado o rosto e o corpo do Goblin Slayer e, para ser sincero, era bem como eu imaginava. Um homem sério, com um corpo bem treinado e cheio de cicatrizes pelas lutas travadas ao longo de sua jornada na caçada dos Goblins.

O segundo ponto é  sobre o passado do Goblin Slayer e da Sacerdotisa Donzela da Espada. O Goblin Slayer teve um treinamento severo pelo seu mestre na época de sua infância que, aparentemente, foi o mestre que o influenciou por tal obsessão ao extermínio dos Goblins. Contrapartida temos aqui o motivo da Donzela não ter sido usada para o feitiço da ressurreição no lugar da jovem Priestess. Podemos notar que as cicatrizes contada por ela na cena do banho, durante o episódio 07, se referia ao estupro sofrido por Goblins há 10 anos atrás, o mesmo incidente que tirou sua virgindade.

Para o terceiro e último ponto, já está mais que perceptível no harém montado para o Goblin Slayer. A priestess sempre fica corada quando está perto dele, além do mais depois de ter visto o seu corpo e rosto, assim como saber que ele já a viu nua . A elfa é outra que não fica atrás e pensa sempre em poder tirar uma casquinha, contudo ela é um pouco mais retraído por ser tsunderê, o que tende a ser um pouco menos perceptível. A verdadeira surpresa aqui é o lance da Donzela da Espada também estar começando a ter sentimentos por ele.

Conclusão

Para finalizar, muitas cartas foram jogadas na mesa, porém sem tanta relevância na maioria delas. O Goblin Slayer vem se segurando na corda bamba já faz tempo e espero que ele não despenque nos próximos episódios. Afinal, o anime está chato de se assistir? Tão pouco. O anime não é ruim, mas parece que falta algo. Talvez algum objetivo iminente que fosse proposto desde o começo, além de matar Goblins, teria dado um ar a mais para a obra. Os episódios vêm melhorando desde o 06 e é bem provável que esse seja o melhor arco apresentado até aqui, até porque não tivemos muitos.

Nota do episódio 07: 3/5

Nota do episódio 08: 3/5

Henry(Vulpixs) Yamaguchi

Fundador e CEO do Animystic. Moro no Japão desde pequeno até então, sou trabalhador diurno e editor de podcast nos períodos da noite. Amante de animes com boa história, literatura e tudo que envolva mitologia

Posts Relacionados