Makoto Shinkai, além de Kimi no Na Wa

Olá pessoal, aqui é a Jenni para o meu primeiro texto no Blog do Animystic, falando um pouco sobre um dos maiores diretores da animação japonesa, conhecido como Makoto Shinkai

Makoto Shinkai nasceu em 9 de fevereiro de 1973, com apenas 45 anos já é um dos diretores que mais tem se destacado no cinema japonês, com suas obras de tirar o fôlego de tanta beleza e histórias que comovem a todos.
 Ele ficou muito mais conhecido para o grande público após estrear o Longo Kimi no na wa (ou Your Name), que arrancou elogios da crítica e do grande público. A obra foi um completo sucesso, história, animação, personagens, trilha sonora (pelo RADWIMPS), tudo foi perfeito.
 Mas Shinkai tem outras obras incríveis que valem a pena serem conferidas e vamos citar 4 ótimos filmes dele para que vocês possam estar conferindo.

Hoshi wo Ou Kodomo (Children Who Chase Lost Voices)

©copyright Makoto Shinkai / Hoshi wo Ou Kodomo

DADOS TÉCNICOS
Lançamento: 07 de maio de 2011
Gênero: Aventura, Romance, Fantasia
Música: Tenmon
Duração: 1 hora 56 minutos
SINOPSE:
 Asuna é uma jovem que foi forçada a crescer rapidamente; seu pai morreu, enquanto sua mãe, uma enfermeira, trabalha longos turnos em um hospital. Asuna gasta seus dias solitários, ouvindo músicas misteriosas que emana de um receptor dado pelo seu pai como uma lembrança.

 Ao voltar para casa em um dia qualquer, ela se depara com uma terrível criatura e é salva por um garoto misterioso chamado Shun. Ela cuida de suas feridas e ele para retribuir,  dá uma “benção” em forma de um beijo, em sua testa. Ele fala que vem de outro país e que veio para encontrar algo. Asuna descobre que ele veio de um mundo mítico subterrâneo chamado Agartha. Uma organização militar misteriosa tenta encontrar o portal de entrada para o tal mundo. Asuna e seu professor Ryuji realizarão uma longa e aventurosa viagem para buscar o Portal da Vida e da Morte, o maior segredo de Agartha, e que é capaz de trazer pessoas à vida novamente.

Hoshi wo Ou Kodomo tem uma pegada mais fantasia, como um conto, ele é bem leve de se assistir. A Asuna é uma personagem muito interessante de se acompanhar, não só pelo que aconteceu com ela (que faz você se apegar a sua história) mas também pelo crescimento dela ao decorrer do filme e as ações que ela toma.

5 Centimeters per Second ( 5 centímetros por segundo)

©copyright Makoto Shinkai / 5cm per Second

DADOS TÉCNICOS
Lançamento: 16 à 22 de janeiro no Yahoo! Premium (apenas a primeira parte do filme)
03 de março de 2007 (Lançamento no cinema)
Gênero: Drama, Romance
Música: Tenmon
Duração: 1 hora e 30 minutos
SINOPSE: 
5 centímetros por segundo é a velocidade que a folha da cerejeira caí de sua árvore até o chão.

O filme é dividido em 3 partes: Cherry Blossom, Cosmonaut e 5 Centimeters Per Second. A história acompanha Akari Shinohara e Takaki  Toono, desde sua amizade até o florescer do amor impossível marcado pela distancia. Ambos tem uma história e vivência parecida, desde gostos até a frustração marcada pela mudança de emprego dos pais e assim também muitos planos que ambos haviam feito. Como sera a vida após tal mudança?

A trilha sonora do filme foi composta pelo Tenmon que já trabalhou com o diretor em obras anteriores, o filme ganhou o prêmio de melhor animação no Asian Pacific Screen Awards. O destaque veio também após ele gerando uma Novel que conta a o que aconteceu após o filme e uma adaptação em mangá da história com ilustração feita por Seike Yukiko.

Kumo no Mukou, Yakusoku no Basho (Além das Nuvens, O Lugar Prometido)

©copyright Makoto Shinkai / Kumo no Mukou, Yakusoku no Basho

DADOS TÉCNICOS
Lançamento: 01 de janeiro de 2004
Gênero: Drama, Romance, Sci-fi
Música: Tenmon
Duração: 1 hora e 30 minutos
SINOPSE:
Numa linha temporal alternativa, o Japão foi dividido depois de ter perdido a II Guerra Mundial: Hokkaido foi anexada pela “União”, enquanto que Honshu e outras ilhas meridionais ficavam sob a soberania dos EUA. Uma torre gigantesca mas misteriosa foi construída em Hokkaido, e podia ser vista claramente de Aomori (a província de Honshu mais a norte), para além do estreito de Tsugaru. No verão de 1996, três estudantes do 9º ano fizeram uma promessa de que um dia iriam construir um avião e desvendar o mistério da torre, mas esse projeto foi abandonado depois da garota, Sawatari Sayuri, ter começado a experienciar uma desordem do sono e ter sido transferida para Tóquio, para obter melhor tratamento. Três anos mais tarde, Hiroki Fujisawa descobriu, acidentalmente, que Sayuri tem estado em coma desde essa época, e pediu a Takuya Shirakawa para o ajudar a revivê-la. Aquilo que eles ainda não sabem é que a inconsciência de Sayuri está, de alguma forma, ligada com os segredos da torre e do próprio mundo.
 
Esse foi um dos primeiros filmes de Makoto Shinkai e nele já vemos muitos da assinatura que o diretor iria levar para suas obras posteriores. Uma boa pedida para quem quer ver uma boa história Sci-fi, mas com um algo mais.

Kotonoha no Niwa ( O Jardim das Palavras)

©copyright Makoto Shinkai / Kotonoha no Niwa

DADOS TÉCNICOS
Lançamento: 31 de maio de 2013
Gênero: Romance, Drama
Música: Daisuke Kashiwa
Duração: 46 minutos

SINOPSE: 

Takao, um jovem de 15 anos que está treinando para ser sapateiro, decide faltar na escola em um dia chuvoso para desenhar sapatos no Jardim Nacional Shinjuku Gyoen. No local ele conhece uma mulher misteriosa de 27 anos, Yukino. Os dois acabam desenvolvendo uma amizade improvável, voltando a se encontrarem no mesmo local repetidas vezes, mas apenas em dias chuvosos.
Esse foi meu primeiro contato com o trabalho de Shinkai, na época ainda com meus singelos 15 anos, fiquei maravilhada com todo o trabalho de arte da obra. Foi uma das vezes em que perdi o fôlego com os detalhes e como um simples frame pode passar tanta emoção. Uma obra maravilhosa que vale a pena cada segundo dela.
Curtiram as indicações? Quais dessas obras vocês já conheciam e já tinham assistido? Comentem aí embaixo. Um beijo e até a próxima.

Jenni Durval

Quase roteirista do praça é nossa, dorameira que shippa errado, otaku que não decora o nome do anime. Animes que eu indico: Relife, Fullmetal Alchemist: Brotherhood, Nodame Cantabile

Posts Relacionados