O uso de metáforas visuais e símbolos em Shigatsu wa Kimi no Uso

Olá, leitores, hoje irei compartilhar com vocês o meu ponto de vista referente à algumas metáforas visuais e símbolos que aparecem em Shigatsu wa Kimi no Uso.

Para aqueles que ainda não assistiram ao anime, recomendo que leia ao texto depois de ter assistido.

O oceano profundo e escuro

No anime, é mostrado que o Arima Kousei não consegue tocar piano devido à morte de sua mãe. Sempre que o protagonista tenta tocar o piano, ele não consegue ouvir as notas e fica sobrecarregado de ansiedade. Arima descreve esse sentimento como “estar no fundo de um oceano profundo e escuro, onde não consegue ouvir nada”. Os animadores criaram essa sensação usando a imagem da água.

Ao participar de sua primeira competição musical com Kaori, Arima entra em pânico ao sentir as teclas do piano. Apesar de ele estar em um auditório brilhante, o cenário ao seu redor fica escuro e envolvido por um azul – como se ele estivesse, realmente, no fundo do oceano, cercado por uma água sufocante.

Enquanto o protagonista toca, bolhas começam a flutuar entre as teclas quando ele as pressiona. Assim, produzindo um som diferente ao invés das notas pretendidas. Acredito que o “oceano” simboliza a ansiedade esmagadora, o medo, a pressão que ele sente. Esta imagem mostra como ele está “se afogando” em desespero.

Mar rasos ou águas rasas

Esse símbolo seria oposto do tópico anterior, mostrando gradualmente a mudança do protagonista. Um grande exemplo é mostrado no episódio doze, no qual Arima e seus amigos brincavam com fogos de artifício ao lado da piscina da escola. Em determinado momento, Tsubaki fica com raiva e empurra o rapaz para dentro da piscina. Kousei fecha os olhos enquanto afunda, e então, ele relembra do sentimento de afogamento que sente quando toca o piano e imagina o oceano profundo e escuro o envolvendo.

Entretanto, o jovem se lembra das palavras de incentivo e elogios que recebeu de Kaori e Hiroko. Percebendo que ele não está sozinho e que tem o apoio dos amigos, ele abre os olhos, e vê que não está no oceano, mas em uma piscina rasa. Há uma luz passando em sua direção e a superfície da piscina está alcançável. As águas rasas simbolizam como os problemas do protagonista não são tão assustadores quanto ele pensava, que os desafios e a dor pode ser vencida. Esta imagem mostra a luz da lua na piscina que representa a saída do fim do túnel.

Os gatos pretos

Existem dois gatos pretos que aparecem ao decorrer do anime e podem ser confundidos facilmente. Cada um desses gatos representa algo diferente.

É importante notar que, como espectador ocidental, nosso ambiente cultural nos faz pensar que gatos pretos dão azar. Isso não é verdade no Japão, porque eles frequentemente associam à boa sorte. O simbolismo é mais profundo do que muitos pensam. Eu diria que os gatos pretos representam o Arima, mas com emoções diferentes que ele sente. Nas explicações a seguir, irei colocar o meu ponto de vista sobre o gato preto de olhos amarelos e sobre o outro.

O gato de olhos amarelos

Na infância, o garoto Arima tinha um gato chamado Chelsea. Infelizmente, o gato arranhou a mão do protagonista, o que deixou sua mãe furiosa; já que as mãos do rapaz são essenciais para tocar piano. Ela tira o gato e Kousei nunca mais o vê. Posteriormente, o jovem se culpa dizendo que deveria ter dito à mãe para ficar com o gato. O protagonista sente que, mesmo agora, sua mãe ainda controlava seu destino. O gato de olhos amarelos, geralmente, aparece enquanto Kousei está tentando tocar piano, fazendo dele um símbolo e não um gato de verdade.

No episódio três, o gato de olhos amarelos aparece quando Kousei está com dúvida se deve ou não se apresentar com Kaori. O gato questiona: “você não ficou aliviado no momento em que parou de ouvir? Você se considera uma evasiva. Uma desculpa para nunca mais comparecer no palco novamente. Afinal de contas, você não é Beethoven.”

Essas perguntas e o olhar sério do gato fazem Kousei se questionar. Em outras palavras, esse gato é a personificação da dúvida e do medo de Kousei. É por isso que considero o gato de olhos amarelos sendo a Chelsea. Em sua memória, Chelsea representa uma época em que ele não conseguiu superar algo; em que ele mostrou fraqueza.

O gato de olhos amarelos reaparece no episódio 7, um dia antes de outra competição musical. Ele questiona Kousei, perguntando quem ele é como pessoa. No entanto, Kousei considerou o conselho de Kaori e decidiu se apresentar. Arima consegue tocar com serenidade e emoção, em vez de apenas ser um imitador mecânico. O gato de olhos amarelos reconhece que o Arima está preparado e o deixa em paz, expondo como Kousei está superando aos poucos seus traumas.

O último momento que o gato de olhos amarelos surge é no decorrer do episódio 10, durante o tempo que Kousei está tocando na competição. No começo, Kousei entra em pânico, mas no meio de sua performance, ele encontra sua razão de tocar.  A partir deste momento, o gato nunca mais aparece diante de Kousei. Isso ilustra como o protagonista venceu o medo de tocar piano e agora é ele mesmo, não um fantoche de sua mãe.

Gato de olhos azuis

O gato de olhos azuis é, definitivamente, um gato real no anime, e só aparece algumas vezes. Na minha opinião, representa uma metáfora diferente em comparação ao bichinho anterior.  É o oposto do gato de olhos amarelos, que é um presságio de sofrimento. Por outro lado, o gato de olhos azuis é um sinal de esperança. Ele simboliza o retorno do sonho de Kousei de se tornar um pianista profissional. Isso é mostrado no episódio três, quando Kousei e Kaori encontram o gato no parque. Foi nesse momento que a Kaori nomeou Kousei como acompanhante.

Em seguida, ela levanta o gato de olhos azuis e o coloca nos braços. Pode-se dizer que é uma metáfora do primeiro passo de Kousei em direção a seu novo destino. Se apresentar com Kaori é o começo de sua nova jornada, e não é pelo o acaso que o gato estava ali.

O gato de olhos azuis fica sumido até quase o final do anime. Depois de ver Kaori entrar em parada cardíaca no hospital, Arima caminha pelas ruas em estado de aflição e vê um gato preto que foi atropelado por um carro. O protagonista leva o gato para o hospital, mas chega tarde demais. Embora o público não veja os olhos do gato, tenho quase certeza de que é o gato de olhos azuis, pois faz sentido metaforicamente. Neste momento, o gato que está morrendo representa como Kaori vai morrer. Também simboliza o estado mental de Kousei e a fé no futuro. No momento que ele percebe como Kaori está realmente doente, o jovem perde toda a esperança.

No último episódio, após ser informado sobre a morte de Kaori, Arima vê um gato de olhos azuis enquanto caminha em direção à escola. Apesar do gato de olhos azuis original ter morrido, esse bichinho pode ser a reencarnação do gatinho original ou poderia ser a Kaori reencarnada. Isso é aceitável, pois quando ele vê o gato, Kousei finalmente decide ler a carta que Kaori deixou e descobre os verdadeiros sentimentos da garota. O novo gato representa a esperança de Kousei e seu destino como músico.

No mesmo episódio, Kousei olha para trás e vê o gato do outro lado dos trilhos da ferrovia. Depois que um trem passa, o gato não está mais lá. Sua aparência e desaparecimento representam como a esperança, o sonho e o amor de Kousei por Kaori ainda estão vivos, mesmo que pareçam distantes. Arima percebe que precisa continuar tocando piano, para que possa honrar Kaori e fazer com que a memória dela viva através de sua música.

Flores de cerejeiras

As pétalas de sakura são outro tema que aparece com frequência no anime. Essas pétalas representam o quanto vida e a beleza são efêmeras. Isso acontece em toda primavera, as flores de cerejeira florescem e depois murcham tão rápido quanto chegam. 

As sakuras também são uma metáfora perfeita para descrever a Kaori. Ela apareceu do nada e mudou a vida de Arima e embora ela tenha passado pouco tempo com ele, Kaori deixou uma eterna impressão de beleza em sua memória, assim como as pétalas deslumbrantes da primavera.

Finalmente, terminei de compartilhar com vocês algumas das metáforas visuais e símbolos que tinha encontrado no anime. Obrigado a todos que leram o texto e fiquem à vontade para deixar um comentário com suas próprias interpretações.

 

David Gutierres

Sou estudante de Pós Graduação, 24 anos, programador e amante da cultura japonesa. Formado em Tecnólogo em Sistemas para Internet. Animes que eu indico: Suzumiya Haruhi no Yuuutsu, Major e Fate/stay night: Unlimited Blade Works.

Posts Relacionados