O valor de uma vitória e o peso da derrota em animes de esporte

Olá a todos, trarei um tema bastante interessante sobre o valor de uma vitória e o peso da derrota em animes do gênero esporte. Apesar da quantidade vasta de animes desse gênero lançados no decorrer dos anos, pretendo citar aqueles que assisti para embasar a minha opinião – vamos para o que interessa!

O texto contém spoilers dos animes: Ace of Diamond, Haikyuu e Major

O começo de tudo

Os personagens esportistas começam a sua jornada, na maior parte das vezes no fundamental; muitos descobrem o seu talento ou sentimento pelo esporte. O exemplo mais clássico é o Oliver Tsubasa, um garoto alegre que descobriu o amor pelo futebol assistindo aos jogos da seleção brasileira e, posteriormente, praticando suas habilidades com a bola. Apesar dos exageros dos chutes e seus nomes estranhos, o anime Captain Tsubasa cumpriu em mostrar o desenvolvimento do protagonista e de seus principais rivais.

Por outro lado, outros personagens descobriram a paixão do esporte ao decorrer da história após terem adquirido experiência em partidas e treinamentos. O Onoda de Yowamushi Pedal é uma grande referência, pois ele é alguém que percorre a uma distância enorme com sua bicicleta para chegar em Akihabara, mas é algo que não estava relacionado a competir no esporte. As suas habilidades e seu carinho pelo ciclismo competitivo foram aflorados nas competições em equipe e percebemos a satisfação e crescimento de um garoto que andava casualmente.

Outro personagem que podemos citar é o protagonista de Ballroom e Youkoso, Tatara, um rapaz que não era apaixonado pela dança de salão e não tinha alguma experiência. Porém, isso mudou depois que ele começou a praticar excessivamente, e felizmente acabou se tornando um esportista muito habilidoso que passou a amar o que faz. A parte marcante do crescimento do Tatara é, sem dúvidas, quando ele aprende a conduzir corretamente a sua parceira de dança, Chinatsu.

O talento e o desrespeito

Muitos dizem que o talento é algo que nasce com a pessoa e, na maioria das vezes, o excesso de confiança aparece como um bônus. O indivíduo começa a ter um comportamento de superioridade e desrespeito com demais competidores, assim, há um início de decadência e um choque de realidade após experimentar a derrota contra um oponente mais forte.

O amadurecimento é fundamental para aqueles que almejam a melhoria de suas próprias habilidades e que buscam o caminho da vitória. Para aqueles que gostam de basquete, o anime Kuroko no Basket retrata muito bem a questão dos atletas prodígios e suas arrogâncias. 

A “geração dos milagres” e, principalmente, o Kagami Taiga que demonstra o comportamento de querer jogar individualmente sem depender de ninguém. Eles acham que o talento individual está acima de tudo e ninguém pode derrotá-los.

Após experimentarem a derrota, o comportamento deles muda e eles começam a levar o esporte com seriedade – respeitando os demais jogadores. O desejo e vontade em querer enfrentar adversários mais fortes são as principais motivações desses rapazes para alcançar a vitória.

A frustração e o recomeço

Em competições, as equipes fazem um planejamento que inclui revisar estratégias, cuidar da condição física dos atletas, além de realizar treinos diários. Muitas das vezes, o esforço acaba não sendo recompensado após o personagem ser eliminado do campeonato; mesmo tendo caminhado um longo caminho. A frustração e a vontade de desistir são expressões nos rostos desses competidores que lutaram bravamente. Mas, o apoio da equipe sempre foi essencial para que os atletas se reerguessem e voltassem focados em querer vencer.

O anime Diamond no Ace retrata a frustração da equipe de beisebol Seido ao perder uma partida importante que deixaria o sonho de participar do Koshien (torneio nacional do beisebol no Japão) mais próximo. O protagonista, Sawamura, acabou sendo requisitado para arremessar e infelizmente acabou cometendo um erro gravíssimo em uma dead ball (quando o arremessador acerta uma bola no rebatedor), mas isso não justifica os vários erros do time na partida.

A maneira que os companheiros confortaram os veteranos do terceiro ano foi uma das cenas mais emocionante de uma pós partida. Os novatos aprenderam que é importante melhorar as suas próprias habilidades e carregar o sonho daqueles que não podem mais realizá-lo. O recomeço da Seido está em uma crescente na segunda temporada, e espero que continue assim até o final da obra.

Sendo sincero, não sou fã de vôlei, mas Haikyuu conquistou o espaço no meu coração por saber trabalhar os pontos essenciais de esportistas ginasiais. O enredo do anime soube mostrar o desenvolvimento dos personagens. Além disso, deixou em destaque a importância de cada atleta da Karasuno dentro e fora das quadras. Depois de terem perdido uma partida importante nas eliminatórias para o Torneio Nacional, eles precisavam superar as frustrações.

Para seguir adiante, Hinata e os demais jogadores optaram em melhorar as suas habilidades e fortalecer o vínculo da equipe. O resultado da perseverança e muito treinamento foram recompensados com a classificação para o próximo nacional. Devo destacar o trabalho em equipe dos jogadores da Karasuno em conseguir uma belíssima vitória em cima da Shiratorizawa, e falo com a maior sinceridade do mundo que o MPV daquela partida foi o Kei Tsukishima.

E por último temos o anime Major, que aborda a jornada de um fanático por beisebol, Goro Shigeno. Ele passou por muitas derrotas em sua trajetória esportiva até realizar o sonho de ser um jogador profissional. O personagem sofreu com perdas familiares, teve várias lesões que o fizeram quase desistir. Mas a sua vontade de vencer e sua paixão pelo beisebol o guiaram para o caminho correto.

O anime mostrou que o apoio de amigos e familiares são fundamentais no desenvolvimento de um atleta. Inclusive, os pais adotivos do protagonista estão sempre presente para ajudá-lo. A parte mais marcante de toda a obra foi na Major World Series, na qual percebemos a vibração da torcida que guiou para a vitória emocionante do Goro Shigeno no mundial de beisebol. Esse episódio mostra o valor da vitoria cheio de emoções e lágrimas de felicidade. Ele superou o peso das derrotas do passado com uma linda história de vida.

David Gutierres

Sou estudante de Pós Graduação, 24 anos, programador e amante da cultura japonesa. Formado em Tecnólogo em Sistemas para Internet. Animes que eu indico: Suzumiya Haruhi no Yuuutsu, Major e Fate/stay night: Unlimited Blade Works.

Posts Relacionados