Blog Mangás/Light Novels Review Mística

Review: Carnaval Glare – O caçador de Bruxas

©Kazuomi Minatogawa

Carnaval Glare Ficha Técnica

Gênero: Ação, Fantasia, Sobrenatural
Autor: Kazuomi Minatogawa
Volumes: 1
Capítulos: 7
Estreia: 2013

 

Primeiramente, eu sou o Bochecha. E antes de mais nada, espero que gostem dessa review. Desde já, agradeço!

Sobre a obra

Carnaval Glare é um mangá one-shot de autoria de Kazuomi Minatogawa, que foi publicado no Brasil pela Nova Sampa. O mangá segue a história de Hansel Takamine líder de um esquadrão de caça às bruxas, pelas quais ele nutre um ódio extremo, já que elas foram responsáveis pela morte de sua irmã Gretel. Em Carnaval Glare as bruxas são definidas como desastre, criaturas possuídas pelos seus fetiches causando medo e destruição. Normalmente possuem a forma de algum ser vivo. E aos pervertidos que leram fetiche, sinto informar que essa obra é livre para todos os públicos. (Apesar de umas cenas fortes).

Parece até conto de fada

No final o mangá deixa a entender que a “religião” dos habitantes daquele lugar é baseada nos contos de fada como: João e Maria, Alice no País das Maravilhas, sendo possível traçar um mundo paralelo entre os contos de fada e as histórias bíblicas  onde as bruxas seriam representadas como um demônio. Os próprios protagonistas tem nomes relacionados aos contos, Hansel e Gretel é o nome original de João e Maria; e Alice vem de Alice no País das Maravilhas, o visual da personagem é bem parecido com o da Alice que conhecemos.

A história não é bem contada, o leitor não sente empatia pelas personagens. Hansel e Alice são apresentados como protagonistas da história, mas a motivação de ambos é muito forçada, eles não apresentam dramas bem trabalhados. A conceito das bruxas e das armas usadas para combate-las é mal explicado, a história só é contada praticamente nas páginas finais.

©Kazuomi Minatogawa

Vale a Pena?

Mas o maior problema do mangá é a falta de cenários, fica muito difícil entender as cenas de luta já que não sabemos o ambiente no qual os personagens se encontram, o que temos são os personagens desenhados e um fundo branco. O designer das páginas também não ajudam. A ideia da história é muito boa, e bem promissor, mas o roteiro é fraco e mal executado, fora o designer das páginas que são bem confusos, ainda mais com um trabalho do editorial não muito bom.

Por outro lado, a obra deixou um gostinho de quero mais. Já que ela veio mostrar um interesse logo no final, enfim, se eles investissem melhor na história, ou até mesmo no designer, não iria decepcionar tanto.

Dessa forma eu encerro essa review, espero que tenham gostado. Logo voltarei com mais conteúdos para vocês. Até mais!

 

©Kazuomi Minatogawa

 

Felipe Silva

Tenho 19 anos, moro em Pernambuco, estudante de TI, estou sempre em busca de aprendizado. Sou amantes dos animes, e não sou lolicon. Animes que eu indico: Steins;Gate, Shigatsu wa Kimi no Uso e Yuru Camp

Posts Relacionados