Tate no Yuusha no Nariagari #EP03 ⌈Análise Semanal⌋

Tate no Yuusha no Nariagari #EP03 ⌈Análise Semanal⌋

Ainda não viu a análise dos episódios anteriores? Então clique aqui para ser direcionado à página de análises de Tate no Yuusha no Nariagari!

Apresentação do episódio

Não sei vocês, mas continuo a ser surpreendido por este anime, tudo bem que eu não sabia muito o que esperar deste episódio, só sabia que ele provavelmente seria “o ponto de partida” dos próximos acontecimentos que hão de ocorrer no anime. Também poderia ser a apresentação da outra garotinha que aparece na abertura, porém eu achei improvável isso ocorrer tão cedo, visto que já se passaram dois episódios seguidos em apresentação de personagens, então a única coisa que esperava desse episódio seria que nele a aventura de verdade começaria, e eu acertei, porém não foi como eu esperava.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Primeira metade

Se passou uma semana desde os acontecimentos do último episódio, e logo de começo já é apresentado o crescimento dos personagens, Naofumi conseguiu incontáveis formas e habilidades para seu escudo, já Raphtalia não só se tornou bem mais forte como também cresceu fisicamente e em sua personalidade se mostrando mais decidida e independente, além do aumento considerável do nível dos dois. Eles retornam ao ferreiro, compram uma espada nova para Raphtalia e uma armadura feita sob medida para Naofumi. Neste processo eles descobrem que existe uma ampulheta que marca quando irá começar a próxima onda e, neste momento, os heróis e seus companheiros serão transportados para esse lugar. Naofumi volta a encontrar os outros heróis, e o herói da lança tenta convencer Raphtalia a deixar Naofumi, ele não consegue mas ela fica entrigada sobre qual boato ele estava se referindo, porém Naofumi se recusa a falar. Chega o dia da batalha, Raphtalia agradece por tudo e diz que será a espada de Naofumi, finalmente está na hora e os heróis são transportados próximos da onda, porém é perto do vilarejo de Lute, então enquanto os 3 heróis lutam contra o monstro principal, o nosso protagonista vai em direção à cidade para salvar as pessoas

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Segunda metade

Naofumi se encontra com certa dificuldade, porém Raphtalia chega para ajudá-lo, quando, de repente, são atacados por uma chuva de fogo criada pelo próprio exército, o qual nem se importou com eles, Raphtalia fica cheia de raiva e avança contra um dos soldados, porém Nao ordena que recue. Naofumi ainda salva os soldados de serem mortos pelos monstros, porém a maioria dos soldados os abandonam para ir aonde estão os outros heróis, exceto um pequeno grupo de jovens soldados que ficam e o ajudam a proteger a cidade. O monstro principal foi derrotado e a onda se desfez e, nesse momento, o exército chega com seu comandante informando que o rei lhes aguarda com recompensas. Naofumi fica no vilarejo onde recebe o agradecimento de seus cidadãos por ter salvo a cidade. O episódio termina mostrando a ampulheta girando e deixando novamente o tempo correr, á espera da próxima onda.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Conclusão

Bom, basicamente foi como eu disse no começo, esse episódio deu o ponta pé inicial para a aventura de verdade, só não esperava que fosse a onda logo de cara. Voltou a mostrar bem o desenvolvimento dos personagens, especialmente na força, devido às várias cenas de batalha e, quanto ao que falei na primeira análise, sobre estar preocupado com a batalha de escudos, o anime apresentou isso de uma forma bem legal e original, achei bem maneiro. Basicamente agora vai começar a história. Volto semana que vem para mais uma análise, bye bye.

Nota do episódio: 4/5

Fábio Muniz

Tenho 18 anos, carioca, e sempre vou aparecer por aqui com uma noticia nova ou um texto sobre o mundo da dublagem, quando não estiver pagando mico no podcast.

Posts Relacionados