Tate no Yuusha no Nariagari #EP05 ⌈Análise Semanal⌋

Tate no Yuusha no Nariagari #EP05 ⌈Análise Semanal⌋

Ainda não viu a análise dos episódios anteriores? Então clique aqui para ser direcionado à página de análises de Tate no Yuusha no Nariagari!

Apresentação do episódio

Devido aos acontecimentos do último episódio, eu estava na esperança de que o Herói do Escudo ganhasse mais moral, e fiquei bem feliz quando vi que isso ocorreu.

Há alguns dias atrás eu peguei o feedback de um amigo, ele me disse não estar curtindo o fato do anime estar muito lento (se não me engano, falou um pouco depois do lançamento do episódio 3). Em contra partida, eu gostei muito desse ritmo do anime até então, principalmente por focar em um desenvolvimento para a história, que criava uma expectativa de que o anime ia começar a acelerar com o tempo e ainda ter uma boa base. Mas acredito que para ele, o anime manteria esse mesmo ritmo. Até então não está me decepcionando, e sim confirmando minhas expectativas, então só consigo esperar um episódio melhor que o outro.

Primeira metade

O episodio começa interessante, ele mostra a Rainha conversando com uma espiã pessoal, porém o estranho é que a espiã conta fatos que a rainha já devia saber, se perceber bem, as janelas tem grades, e o lado externo de onde a rainha está e feio e cheio de chaminés jogando fumaça escura para a atmosfera, tudo indica que a rainha foi aprisionada ali pelo rei, e que agora age através de suas espiãs. Já no castelo, o Rei se recusa a pagar a recompensa para Nao pois retiraram a maldição de Raphtalia, mas Itsuki e Ren advogam em nome de Naofumi e ele recebe sua recompensa e vai embora do castelo, nenhum dos heróis demonstra ser mal, mesmo Motoyasu que constantemente tem batido de frente com Naofumi, não demonstrou maldade, porém os outros dois heróis tem acertado muito com nosso herói do escudo, possivelmente por não estarem sendo manipulados pela princesa, e eles parecem ser mais inteligentes que Motoyasu.

Saindo de lá eles voltam a se encontrar com o mercador de escravos para que ele novamente transformasse Raphtalia em uma escrava, isso sendo uma vontade dela, e não do Naofumi, pois ela queria ter aquela ligação com ele novamente. Após o processo de transformar Raphtalia novamente em sua escrava, Nao compra um ovo de monstro sortido (vulgo Kinder Ovo), para ver se pode ajudá-los em combate e facilitar a vida da Demi-Humana.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Após a onda, Nao foi reconhecido como um verdadeiro herói pelo povo de Lute que pediram para seus parentes na capital, auxiliarem o jovem Herói, e essa cena é muito interessante, pois Nao se pega agradecendo a uma bruxa pelo grimório que ela os deu, e então ele nota que isso não é algo que fez nos últimos tempos, isso demonstra que Nao mudou de acordo com a ocasião, ele chegou inocente e gentil nesse mundo, porém todos o rejeitaram e subestimaram, então ele se tornou mais frio e egoísta, mas no fim, quando ele voltou a ser bem tratado sua atitude mudou, achei isso muito bem feito para mostrar que o personagem não perdeu sua essência, só estava respondendo a um estímulo de sua volta.

Pouco tempo depois o ovo chocou saindo uma Filolial de dentro dele, e em dois dias ela cresceu muito, Nao a chamou de Filo. No mesmo dia Myne e Motoyasu chegam em Lute para anunciar que agora aquele era seu território, porém eles decidem cobrar um pedágio na cidade o que desagrada os cidadãos, Myne está pronta para mandar o exercito atacar a população, quando as espiãs de sua mãe chegam e a entregam um pergaminho, não se sabe o que estava escrito porém convenceu Myne a desafiar Nao para um duelo.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Segunda metade

Naofumi recusa o duelo. Acho muito bom e interessante o fato dele evitar confronto, e não é pelo fato dele só poder usar o escudo, já que ele já até venceu um duelo, mas pela própria personalidade dele, que evita confrontos desnecessários. Mas após prometerem uma recompensa ele acaba aceitando participar da corrida com Filo. A corrida começa e Naofumi e Filo ficam na dianteira fazendo Motoyasu e seu dragão literalmente comerem poeira, mas devido a uma trapaça de um dos soltados no meio do caminho, Filo cai e Motoyasu termina em primeiro a primeira volta.

Essa princesa é um pé no saco, ela não para nunca, o ódio das pessoas por ela é compreensivo, mas acredito que ela seja mais tóxica para o Motoyasu do que para o Nao, porque mesmo que o ele perdesse seria uma derrota por trapaça como foi a última, então não tem vergonha nenhuma para o Naofumi, principalmente essa corrida onde quem toma mais prejuízo é o povo mesmo, mas acredito que é mais deprimente ganhar com roubo, principalmente pelo fato do Motoyasu não saber do roubo do que a perder de forma justa. Filo recupera a velocidade e ultrapassa o adversário, porém novamente os soldados interferem fazendo uma magia para que ela ficasse mais lenta, e Motoyasu ultrapassa eles, Filo toma uma rabada do dragão e fica furiosa, e volta a tomar a dianteira nessa corrida, pro desespero de Motoyasu. Na última volta os soldados usam interferência dupla, eles aumentam a velocidade do dragão fazendo ele ultrapassar o nosso Herói e fechando seu caminho só deixando um espaço aonde tinha o buraco da primeira volta, porém os soldados voltam a fazer um segundo buraco bloqueando totalmente seu caminho, mas Nao usa seu escudo de ataque aéreo em cima do primeiro buraco, então a ave gigante usa ela de apoio e corre por um barranco, foi uma cena muito linda em boa parte por conta da trilha sonora. Por fim Nao e Filo vencem a corrida por um bico.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Filo cresce novamente e fica enorme. Myne acusa o Herói do Escudo de trapaça, porém as espiãs da Rainha que observaram a corrida testemunham a favor do Herói do Escudo, demonstrando que eles não poderiam ter feito aquelas magias, e então Nao percebe o quanto essas mulheres sabem sobre eles, isso é muuuuito legal, a rainha e as espiãs dela podem não se tornar exatamente aliadas do Nao, mas com certeza vão ser peça chave na trama, elas agora devem sumir por um tempo e só voltam a aparecer quando mais coisas estiverem para serem reveladas, talvez o por que e onde a Rainha está trancafiada, e qual seu interesse no Herói do Escudo, talvez até o porque dela ter ficado feliz em saber que ele tem uma escrava como companheira, existem muitas perguntas ao que cerca a rainha trazidas neste episódio.

Nao cobra sua recompensa, mas ele não quer ouro do povo, e sim uma carroça e junto Nao ganha um passe de mercador, podendo assim andar livremente isento de pagar tributos ao entrar em outros países. Filo fica muito feliz em puxar a carroça mas Raphtalia fica bem enjoada. Durante a noite eles adormecem, e pela manhã são surpreendidos por Filo agora com a aparência de uma anjinho e nua.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Conclusão

Esse episodio foi legal, nada demais, mas legal como sempre. apesar da corrida ter sido legal, para mim o ponto alto deste episodio foi a Rainha, as dúvidas em volta dela me chamaram muito a atenção, o fato de Filo ter se tornada humana também é muito curioso, e agora que Naofumi ganhou o passe de mercador espero ver as experiências dele em outros países. Foi um episódio mais de perguntas do que respostas. No próximo episódio a Filo “humana” será explicada, não sei se Nao e suas companheiras já vão pra outros países, mas acredito que vão avançar mais e conhecer novas regiões, e como eu disse, a rainha deve voltar a aparecer só mais para frente. Agora espero ansiosamente o próximo episodio, e vocês comentem aqui o que estão achando do anime até então.

Nota do episódio: 3/5

Fábio Muniz

Tenho 18 anos, carioca, e sempre vou aparecer por aqui com uma noticia nova ou um texto sobre o mundo da dublagem, quando não estiver pagando mico no podcast.

Posts Relacionados