Tate no Yuusha no Nariagari #EP12 ⌈Análise Semanal⌋

Tate no Yuusha no Nariagari #EP12 ⌈Análise Semanal⌋

Ainda não viu a análise dos episódios anteriores? Então clique aqui para ser direcionado à página de análises de Tate no Yuusha no Nariagari!

Apresentação do episódio

O último episódio elevou muito as minhas expectativas de uma grande batalha, este anime não demonstrou até agora nenhuma batalha muito elaborada e nem trouxe muita animação, nem mesmo trilha sonora de ação é bem desenvolvida, passa praticamente despercebida, mas o último episódio foi o único que trouxe a esperança de uma batalha incrível, infelizmente nesse sentido decepcionou.

Primeira metade

O episódio já começa com a Glass humilhando novamente os outros heróis chamando eles de servos do Naofumi, apesar de valida a “ofensa” já que Naofumi foi o único que realmente demonstrou poder no último episodio. Os 3 heróis coadjuvantes não são bem desenvolvidos, e realmente eles não necessitam de muito desenvolvimento até pelo anime se passar completamente pelo ponto de vista do Nao, mas os seus poderes não são nada que precise  de muita profundidade, entretanto, porque todos eles tem os mesmos poderes? Nem os poderes do Nao são bem desenvolvidos mas os outros Heróis possuem todos o mesmo ataque, pessoalmente considero isso uma certa preguiça de roteiro.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Uma das grandes perguntas jogadas nesse episodio é: o que é a Glass? Ela é uma monstra como os outros? Ela é um tipo de bruxa da onda? É algo que deve ser explicado junto com a historia da Onda. A luta do Nao com a Glass pode ser vista com dois pontos de vista diferentes, pode ser “decepcionante” já que se esperava uma luta muito mais emocionante e equilibrada, ou “surpreendente” por não se esperar que ela seria tão poderosa, ainda mais eu não poderia ter imaginado a fuga do Nao, mesmo assim considero bem colocado, já que se encaixa não só com a situação que o personagem se encontra no momento mas também sua própria personalidade, mais racional e defensiva que combativa, principalmente de frente a um inimigo tão superior.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Glass se encantou com a força de combate do Naofumi, porém apesar de estar muito mais forte ofensivamente, esse episódio veio para nos lembrar que ele ainda é o  Herói do Escudo, e a única coisa que faz com que somente ele possa bater de frente com a Glass é a sua defesa, os outros Heróis assim como Nao não se comparam a ela ofensivamente, mas por terem uma defesa tão fraca eles são facilmente derrotados, apesar de não ser capaz de causar dano nela, Naofumi se mostrou como o único capaz de defender seus golpes. Ao final da onda Nao começa a refletir sobre o que é a onda, porque ela tem duração determinada, e o interesse de Glass de derrotar um herói. Muitas dúvidas pertinentes sobre a onda foram levantadas neste episódio.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Segunda metade

O Rei exige que Nao revele como ele conseguiu seus poderes, minha dúvida é por que ele quer que Nao conte isso para ele? Só para ele poder dar o mesmo poder para os outros Heróis e tornar Nao “menos importante” que os outros novamente. Na minha opinião o Naofumi exagerou um pouco com a exigência dele, mas achei válido, e achei muito boa as ameaças dele, porém até então era claro que ele estava blefando, mas quando o rei ameaçou Filo e Raphtalia achei realmente que Nao iria dar pelo menos um ataque de aviso, sem dúvida essa é a melhor cena do anime para mim.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

O rei demonstra ser muito amoroso e até ter vergonha quando Melty diz ter ouvido a conversa com o Herói do Escudo, por mais que ele demonstre sua autoridade como rei, também demonstra ter muita pouca atitude com sua família. O rei fala que não quer perder sua família novamente por culpa do Herói do escudo e os demi-humanos, acredito que o problema do rei é com o antigo Herói do escudo, mais para frente com certeza haverá um episódio com o flashback da historia da família real. Nao e suas companheiras se dirigem para Shieldfreeden (só eu acho o nome do país lembra Shield Freedom), lá Nao provavelmente vai ser tratado com tanto respeito e carinho que nunca sentiu nesse mundo, já que neste episódio você é lembrado discretamente que os Demi-humanos amam o Herói do escudo.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Só eu achei muito estranho aqueles presentes que o ferreiro deu para eles? Os presentes são muito bons e parecem muito raros para serem dados assim tão fácil, achei meio forçado, mas as armas novas são muito legais. Melty vai atrás de Nao para tentar reconciliar ele com o rei, acho meio complicado essa missão dela, mas o mais interessante é novamente a rainha ser posta como alguém com mais poder até que o rei, e finalmente Nao se atentou a isso. Por fim o episódio termina com um dos soldados da guarda da princesa que ataca Melty, provavelmente por ordem de Myne para que ela possa ser a próxima na linha de sucessão, ter controle total do rei e ainda poder acusar Nao de ter assassinado a princesa.

© Kinema Citrus/ Tate no Yuusha no Nariagari

Conclusão

Esse cour se encerra muito bem, o anime tem se revitalizado cada vez mais, sem dúvida esse foi o melhor episódio do cour, mas vamos á teoria do próximo episódio, Naofumi ira derrotar os guardas, porém um deles irá fugir e espalhar por aí que Naofumi os atacou e sequestrou a princesa e ele será novamente caçado, “Um profeta não tem honra na sua terra”, isso se aplica para ele nesse caso. Também devem mostrar finalmente o país dos Demi-humanos e a “upagem” de classe da Filo e da Raphtalia. O próximo cour está prometendo mais ação, aventura e finalmente muitas explicações, vejamos ansiosos os próximos episódios.

AVISO:

Este foi o último episódio do Cour de Tate no Yuusha e também é a última análise semanal deste anime, estamos encerrando as análises semanais e iremos começar as primeiras impressões e análise geral dos animes da temporada. Gostaria de agradecer a todos que leram minhas análises até aqui, espero ter conseguido entreter e demonstrar várias das minhas teorias e expectativas para este anime. Aguardem ansiosos pela análise geral de Tate no Yuusha. またね。

Nota do episódio: 5/5

Fábio Muniz

Tenho 18 anos, carioca, e sempre vou aparecer por aqui com uma noticia nova ou um texto sobre o mundo da dublagem, quando não estiver pagando mico no podcast.

Posts Relacionados