Tensei Shitara Slime Datta Ken #EP06 e #EP07 ⌈Análise Semanal⌋

Tensei Shitara Slime Datta Ken #EP06 e #EP07 ⌈Análise Semanal⌋

Ainda não viu a análise dos episódios anteriores? Então clique aqui para ser direcionado a página de análises de Tensei Shitara Slime Datta Ken

Apresentação do episódio

Shizu, era isso que eu queria ver nesses dois episódios. Já que até então a personagem era a maior incógnita da série. Ela foi a primeira personagem a aparecer na série, naquela cena de guerra, então meu interesse nela ainda é gigante.

Primeiro Episódio

O episódio 6 teve uma primeira metade bem chata, eu diria que o foco foi mais em dar algumas informações, como a chegada dos 4 anões na vila, a chegada de mais goblins, a nova hierarquia e a construção de uma nova cidade. Rimuru reencontra os três aventureiros que viu na caverna, junto de uma personagem nova, Shizu! A misteriosa heroína que controla fogo e que segundo Rimuru,  também é japonesa.

Studio 8Bit©

A cena do slime mostrando a evolução do Japão para alguém que viveu no caótico período de guerra é bem bonita, não é aquela emoção profunda, mas é algo bonito de se ver e provavelmente foi a coisa mais bonita desse episódio. O resto acabou por ser apenas agradável.

Segundo episódio

Já o episódio 7, iniciou em um flashback de Shizu. O momento retratado provavelmente é aquele do ”sumiço” dela logo após a morte da mãe. Ela foi invocada por alguém para o mundo alternativo, e então foi lhe dado um poder de fogo, o qual ela não tem total controle. Após ela perder o controle, é derrotada por Rimuru.

Studio 8Bit©

Essa provavelmente foi a melhor luta do anime até agora. Tanto em importância quanto em qualidade técnica, além de que foi a primeira luta realmente disputada de Rimuru e que ele passou por uma situação de perigo, até então, esse é o melhor episódio da série.

Análise Técnica 

Masaru Yonezawa creditado como Solo Key Animator no episódio mais uma vez! Ele já havia feito animação Solo no primeiro episódio (com exceção de uma cena que foi redesenhada por Ebata) e repetiu isso no episódio 7. Seus efeitos de explosão, fogo e fumaça são incríveis e foram essenciais pro peso da luta, na transformação de Shizu. O vento e a movimentação dos cabelos também eram algo a se destacar.

Conclusão

O episódio 6 não me impressionou, foi praticamente um bando de informações adicionais e com um final bonitinho mostrando o japão moderno para alguém que não teve a chance de conhecê-lo e que só poderia esperar o pior de seu lar após sair em um período de guerra. O episódio 7 compensou, foi o melhor até agora, a melhor luta da série até então e o flashback da Shizu também contou muito para o desenvolvimento. Agora é ver as consequências dessa luta, e da absorção de Rimuru em cima do demônio que estava dentro de Shizu.

Nota do episódio 6: 2/5
Nota do episódio 7: 4/5

Pedro Guarani

Tenho 21 anos de idade, sou apaixonado pela parte técnica da animação japonesa. Escrevo sobre animação, enquanto tento engolir o fato de que meu melhor amigo me trocou pela namorada.

Posts Relacionados