Tensei Shitara Slime Datta Ken #EP11 ⌈Análise Semanal⌋

Tensei Shitara Slime Datta Ken #EP11 ⌈Análise Semanal⌋

Ainda não viu as análises dos episódios anteriores? Então clique aqui para ser direcionado à página de análises de Tensei Shitara Slime Datta Ken

Apresentação do episódio

Minhas expectativas estavam baseadas em ter um pouco mais de ação. A staff prometeu um ritmo mais rápido na série após o fim do ”Prólogo”, então, o que no mínimo poderia se esperar desse episódio era um ritmo mais acelerado em comparação aos episódios passados.

Primeira metade do episódio

A cada episódio algum aldeão aprende algo novo. Dessa vez, foi a princesa dos ogros que aprendeu a tecer. É interessante ver como a vila não só evolui no quesito sociedade, mas também no sentido tecnológico.

Studio 8Bit©

Essa primeira parte acabou sendo mais focada na comédia, o que não é algo ruim, desde que não atrapalhe o andamento da narrativa. Gabiru e os outros lagartos são exemplo disso, as cenas em que eles aparecem tendem a ser mais voltado para o lado cômico, mas com certeza eles terão participação significativa neste arco, desta forma a comédia não irá influenciar em nada com o andamento do arco. O problema seria, se caso ela estendesse demais.

Segunda metade do episódio

Essa segunda metade só confirmou o que eu pensava na primeira. Os homens lagartos são realmente um alívio cômico. Bom, pelo menos eles tem coragem, não é qualquer um que fala mal de Rimuru na frente dos subordinados dele. Se o slime não estivesse ali, é provável que talvez ele estivesse morto. No fim, a maior humilhação que ele poderia sofrer foi perder para Gobta, que dos personagens regulares da série talvez seja o mais fraco.

Studio 8Bit©

O melhor corte do episódio ficou por conta da aparição da Dríade, que ocorreu no meio de uma reunião. O pedido dela foi bem claro, ela quer que Rimuru derrote o lorde orc.

Studio 8Bit©

Conclusão

Esperava mais. Mas sabe, acho que ficou de bom tamanho. Em alguns animes, a construção é extremamente lenta mas os momentos de impacto geralmente compensam, muito devido a essa construção detalhada.

Nota do episódio: 3/5

Pedro Guarani

Tenho 21 anos de idade, sou apaixonado pela parte técnica da animação japonesa. Escrevo sobre animação, enquanto tento engolir o fato de que meu melhor amigo me trocou pela namorada.

Posts Relacionados