A Polêmica Sobre o Reboot de Kamen Rider Black

Fala galera! Hoje estamos aqui reunidos para falar de uma polêmica bem grande dos últimos dias advindo da notícia de que Kamen Rider Black irá ganhar um Reboot em 2022.

Tamanha força dessa notícia que fóruns especializados na série e os fãs mais hardcore foram a loucura, quebrando teclados, espancando gabinetes, esmurrando e pisoteando monitores.

Além de faixas espalhadas pelo Twitter e uma grande comoção de pessoas fazendo carreatas nos bate-papos do Discord. (Ou pelo menos é o que o sentimento passa).

Pra quem não me conhece, me chamam de Paladino. Também sou fã de Tokusatsu, mas ao contrário dos demais, não estou tão enfurecido assim com a notícia.

Então, vamos começar?

Black Kamen Rider

Kamen Rider

©Toei Company

Kamen Rider Black, ou Black Kamen Rider como ficou conhecido no Brasil, foi uma série de 1987, mas só chegou em solos brasileiros em 1991, transmitido pela saudosa rede Manchete.

A história conta os anseios de Gorgon, uma poderosa seita maligna de cientistas inumanos, que planejam dominar a terra através de sua avançada ciência.

Como uma organização oculta, eles acabam chantageando todos os cientistas famosos os colocando em sua rede de corrupção, cobrando um alto valor pelo seu processo de destaque de cada um.

E esse valor vem de utilizar os filhos desses cientistas para experimentos próprios. Acontecendo isso com os jovens Kotaro Minami e Nobuhiko Akizuki, que são irmãos de criação.

Diferente dos demais, por terem nascido sob o efeito de um eclipse solar, tiveram o gene modificado e poderiam assumir o papel de imperadores seculares sobre o comando da King Stone.

Rider Black

©Toei Company

Mas apenas como herdeiros legítimos do grande Rei de Gorgon, uma poderosa entidade maligna.

Kotaro consegue fugir do processo final de transformação em filho do Rei e passa a lutar contra os Gorgon utilizando o poder investido nele, assumindo o papel de Kamen Rider Black, como alternativa à sua alcunha Black Sun.

E essa é a premissa da série do herói gafanhoto mais amado do Brasil.

Uma Breve Análise de Kamen Rider

As séries Kamen Rider sofreram uma gradativa mudança nos últimos tempos. Principalmente com os adventos vindos de Den-O em diante, quando os heróis passaram não apenas a ganhar formas novas, mas também acessórios.

O maior problema das series mais recentes de Kamen Rider não é a máxima: “Virar uma série para vender brinquedo”, pois em última análise, todas são. E sim não saber utilizar esse conceito que eles próprios criaram.

Kamen Black

©Toei Company

Poucas séries atuais de Kamen Rider sabem utilizar essa temática. Enquanto outras acabam se perdendo e afastando os fãs por conta disso.

Por esse motivo não é difícil encontrar uma montanha russa entre a qualidade que os fãs dizem que as series tem ao longo da década. E talvez por isso Kamen Rider Decade seja tão criticado.

Entretanto quando bem elaborado, as series conseguem cativar e prender o público do início ao fim: Build, W e Den-On que o digam.

– Beleza Paladino, mas e a série Black?

– Pois é. Aí chegamos em Black.

Kamen Rider Black, O Reboot

Se vocês chegaram até aqui já devem entender qual é o maior problema de um Reboot de Black Kamen Rider.

Eu entendo que a série possui seus altos e baixos e não é tão perfeita quanto muitos costumam pintar, pelo contrário, contudo é um problema um reboot da série principalmente nos moldes atuais.

Rider

©Toei Company

Trabalhar com a temática de Black nos dias de hoje pode ser muito legal e até mesmo nostálgico para fãs da velha guarda que com toda certeza irão assisti-lo, mas isso não significa que ela não corra um risco.

Com a integralização de brinquedos nas séries Riders, é possível que Black passe por toda uma problemática de infantilização da história.

Onde o herói pode assumir o papel de marketeiro de brinquedos, ganhando uma nova roupagem, apenas para se enquadrar nessa busca pela venda de brinquedos atuais.

Por ser uma série clássica e já possuir uma história fechada de começo, meio e fim, apostar em um recorte novo pode acabar danificando o amor de muitos fãs nostálgicos e desagradando os novos.

Black Kamen Rider possui uma história muito mais densa que os Riders atuais, além de vir de um tempo em que o pensamento era muito diferente. E isso pode prejudicar a imersão na série.

Parafraseando Digimon, que ganhou recentemente um Reboot da história original, essa ideia de vender brinquedo acabou estragando a série, por fim a colocando em rumos muito perigosos.

Além de que a afasta grandemente da história original que possuía uma explicação mais abordada dos efeitos das crianças no mundo ao invés de só jogar fanservice.

E a série de Black corre esse risco.

Minha Opinião Sobre Black 

Crescer assistindo Black Kamen Rider acabou me levando a ter uma opinião muito boa sobre a série. Entretanto, quando vi novamente a série, já adulto e com olhos mais críticos, é visível os altos e baixos que ela possui.

Toda a trama da série é bem densa e problemática, mas os episódios mais voltados para o desafio da semana acabam arrastando a série.

No entanto, como saldo final Black Kamen Rider não fica devendo em nada. Pelo contrário, o carisma dos personagens e até dos vilões, acaba cooperando para o andamento da obra.

Principalmente os confrontos entre Black Sun e Shadow Moon. Que são de tirar o folego.

Por fim, a série original já possui um enredo próprio e uma identidade, mexer nisso pode colocar em risco toda história e reputação da série.

Mas o que podemos fazer é torcer para que um novo enredo seja bem aproveitado e construa uma melhor abordagem para o nosso amado herói gafanhoto.

Considerações Finais

Sem dúvida a nova série de Black será aguardada pelos fãs. É claro que queremos ver mais Kamen Rider em tela e uma série antiga de um jeito novo irá ajudar mais ainda a conhecer e expandir o universo dos heróis.

Kamen

©Toei Company

Ficam aqui nossas expectativas e pensamentos positivos para que a nova série seja realmente boa.

Por fim galera, essa é só minha opinião. Deixa aí nos comentários se você concorda ou discorda. Aproveita e compartilha pra ajudar na divulgação do trabalho da galera do Animystic.

O pessoal todo se esforça mesmo para trazer boas resenhas para vocês.

Então é isso. Vou ficando por aqui!

 

– Já sei até qual vai ser o nome da minha próxima charrete, Patrol Hopper, galera vai ficar doida na Taverna do Moc. Ah vai…-

Veja Outros Posts sobre Series Riders:

Kamen Rider Zero-One

Paladino

Sou leitor assíduo de conteúdo Otaku e material nerd em geral. Muito fã de Tokusatsu, em especial a franquia Ultra, do qual sou realmente maluco. Corredor por esporte, trabalhador por necessidade e redator de passatempo.
Follow Me:

Posts Relacionados