Autor de Ahiru no Sora critica direção do anime

Ahiru no Sora

O autor de Ahiru no Sora, Takeshi Hinata, criticou duramente em suas redes sociais os rumos que o anime tem tomado e, em especial, a direção.  Vale lembrar que na sexta-feira, dia 3, ele respondeu um tweet na conta oficial do anime falando que “Você é o pior.” (A conta já excluiu o tweet em questão). Na sequência, ele disponibilizou um screenshot do tweet excluído e disse “Se você vai fugir, não faça isto em primeiro lugar”.

Confira:

No mesmo dia, o mangaká publicou:

“Eu tenho recebido uma série de mensagens diretas, o que me fez pensar: ‘É a diomedéa, então não pode ser evitado’. Uma parte de mim quer dizer isso, mas não posso fazer isso quando se trata do meu próprio mangá. Se causei desconforto aos fãs desse projeto, peço desculpas. Também quero pedir desculpas às pessoas que são verdadeiros leitores do Ahiru no Sora. Acho que a direção do anime é dececionante e terrível. Peço desculpas mais uma vez.”

A direção da animação de Ahiru no Sora, que estreou no dia 2 de outubro do ano passado, no Japão, está na conta de Shingo Tamaki (Aho Girl) e Kusakawa Keizou (Sekirei, Akuma No Riddle) como diretor-chefe. Mas a produção conta com Go zappa (Blend S, Beatless) nos roteiros ao mesmo tempo que tem Yoshino Honda (Fuuka) no design de personagens.

Sinopse:

A história acompanha Kurumatani Sora, um rapaz com pouco menos de 1 metro e meio, que é apaixonado por basquete. A sua mãe, hoje internada num hospital com uma grave doença, foi uma grande jogadora de basquete quando era mais nova e inspirou o rapaz que, mesmo sendo baixinho, se dedicou ao esporte e praticou a vida inteira dribles e lançamentos de 3 pontos, para conseguir competir até mesmo contra os mais altos jogadores de basquete. Mas no primeiro ano de um novo colégio, Sora quer entrar no time de basquete, mas descobre que o time é apenas um grupo de delinquentes que usa o “clube” como ponto de encontro. Contudo, o desafio de Sora é se provar digno de ser um jogador e fazer o time sair do mau caminho que tomaram no passado.

Enfim, a série será exibida em quatro cours, ou seja, um a cada trimestre, durante um ano. Mas no Brasil, o anime é exibido pelo Crunchyroll.

Fonte: Aqui!

Follow Me:

Posts Relacionados