A sororidade ganha vez no filme da Violet Evergarden

Se o anime sempre traz histórias de aquecer o coração e de acreditar na humanidade, o filme da Violet Evergarden não podia ser diferente. Ainda mais com o ótimo exemplo de sororidade que ele traz. Aqui é a Bogo e nesse post gostaria de convidar você para assistir ao filme da saga de Violet Evergarden, recentemente lançado na Netflix, com o kokoro aberto e com um olhar mais voltado ao companheirismo.

© Violet Evergarden Gaiden – Kyoto Animation

O filme

Antes de mais nada, vamos saber mais sobre o filme? Violet Evergarden Gaiden: Eternity and the Auto Memory Doll  (em português: Violet Evergarden Gaiden – Eternidade e a Boneca de Automemória)  traz o mesmo traço, a mesma estética, o mesmo estilo lento de contar a história e a mesma sutileza que se vê no anime. Se você gosta de animações bem feitas e enredos enobrecedores, com certeza esse filme tem que entrar na sua lista da Netflix. A animação é um spin-off da história original da automata Violet e contou com exibições prolongadas nos cinemas do Japão. (Como informamos aqui)

Sinopse: A obra traz duas histórias que são ligadas em si. De início, Violet Evergarden é contratada para lidar com a jovem Isabella que está prestes a debutar e precisa “se encaixar” na sociedade em que se encontra. A solitária moça se sente presa em sua escola, frequentada somente por meninas do alto escalão, até que Violet aparece. A segunda história também mostra um pouco do trabalho de escrever e entregar cartas e do desenrolar afetivo.

Violet Evergarden olha para o colar que segura em frente

© Violet Evergarden Gaiden – Kyoto Animation

O anime

Violet Evergarden é um anime baseado na série de light novel japonesa de mesmo nome. A adaptação conta com uma narrativa muito bela e um estilo único de animação, tendo até sido premiada pela Crunchyroll.  No link abaixo temos um review que traz as minúcias e os motivos para se assistir Violet Evergarden.

Violet Evergarden – O significado da palavra “amor”

Se você ainda não assistiu o anime, tire um tempinho para ver essa maravilha lá na própria Netflix: https://www.netflix.com/br/title/80182123

O que é sororidade?

so·ro·ri·da·de

(larim soror, -oris, irmã + -dade)

substantivo feminino

 Relação de união, de afeição ou de amizade entre mulheres, semelhante à que idealmente haveria entre irmãs.

“sororidade”, por Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/sororidade 

Violet Evergarden está sentada com um espelho na mão. Ela está com maria chiquinhas. Apoiada nela está uma personagem de cabelos castanhos e de óculos.

© Violet Evergarden Gaiden – Kyoto Animation

Sororidade é um dos conceitos mais acolhedores que se pode existir. É ela que quebra aquela história de que mulheres estão em constante guerra entre si, que não há amizade real e que só há competição entre elas. Dizem que mulheres são rivais por natureza, entretanto, será que não foram ensinadas após anos e anos repassando essa ideia? (Não vamos estender essa discussão, mas fica aí o conceito para ficar matutando na sua cabeça)

Graças a essa palavra, que parece simples, que podemos entender a força de uma amizade. Não de qualquer uma, da amizade feminina e a sua relação de irmandade.

A falta de sororidade em muitos animes

Pensa aí, quantos animes que você viu esse ano em que as personagens femininas só estão lá para brigar pelo personagem masculino? Ou que elas são rivais sem motivos aparentes?

O universo dos animes está cheio dessa triste forma de retratar garotas. Entretanto, há bons exemplos de sororidade e de amizade feminina. Mesmo que sejam poucas, em relação a tantas representações sem noção, elas vão abrindo o caminho para a compreensão do que sempre é martelado nas nossas cabeças.

E, não, ter animes que tenham relacionamentos saudáveis assim não vai fazer mal ou destruir a história, muito pelo contrário: vai enriquecê-la. É aí que voltamos para o assunto desse post: o filme da Violet Evergarden Gaiden.

O que o filme da Violet Evergarden nos passa?

Violet Evergarden aparece de costas, porém de frente para a personagem de cabelos castanhos e óculos

© Violet Evergarden Gaiden – Kyoto Animation

A sororidade pode vir de uma forma leve, pois são simples detalhes que ajudam a transformar as vidas das mulheres quando se há esse contato. Assim também ocorre nesse filme da Violet Evergarden. Nesse sentido, a amizade foi cultivada com a convivência, uma compreensão de estar ao lado uma da outra seja para pentear os cabelos seja para dividir angústias.

Violet Evergarden Gaiden começa com a premissa de que a Violet irá auxiliar uma moça a virar dama. Ou seja, aquela velha história de que garotas devem “se comportar”. Na sociedade retratada pela trama, assim como na nossa, o desejo dos homens parece estar acima de tudo. E, apesar disso, o foco está nas mulheres e no desenrolar do trabalho da Violet. Frequentemente as falas da garota e a história dela trazem críticas a essa visão de como o mundo é para uma mulher, de uma forma dura, e também mostram como é difícil confiar em alguém.

Várias moças com uniforme, ao centro uma de cabelos castanhos e óculos olha para baixo

© Violet Evergarden Gaiden – Kyoto Animation

É lindo ver como a personagem vai respondendo ao simples fato da presença da Violet e como aquela convivência transformou, de certa forma, a vida dela, apesar de que não estamos numa história de finais completamente felizes. Na realidade algumas coisas não podem ser simplesmente alteradas. Além de mostrar como a liberdade feminina é minada por vários aspectos do mundo, esse conto traz um pouco de amor nos nossos corações ao ver que há sempre alguém em quem se apoiar. Junto a isso, temos a desconstrução da rivalidade feminina, que pode ser vista aos poucos, desde a visão de moças ricas e superiores até a possibilidade de se abrir para amizades.

Violet está de perfil enquanto uma mão segura seus cabelos soltos

© Violet Evergarden Gaiden – Kyoto Animation

Outro ponto que eu queria trazer é a representação da Violet como príncipe encantado. Vi algumas pessoas comentando que era para apenas trazer um lado mais puxado para o yuri, mas pra mim foi além disso. As moças projetavam tudo que consideram de bom num par para um príncipe, de forma que aprendemos que são os príncipes que irão nos salvar e nos apoiar quando não necessariamente (e na maioria das vezes não é) um príncipe que faz essa mudança nas nossas vidas. Ou seja, nessa história, Violet atua como companheira, não como salvadora.  Em síntese, ela quebra tanto o conceito de quem deve ser o “príncipe” como o papel que ele deve desempenhar.

Duas moças, de cabelos castanhos e de loiros, estão lado a lado com roupas brancas e flores brancas nos cabelos presos em coque.

© Violet Evergarden Gaiden – Kyoto Animation

Enfim, não sei se foi a intenção deles, mas encarei esse filme da Violet Evergarden como uma crítica a essas histórias fantasiosas, com aquela doçura própria que essa narrativa consegue trazer. Se vocês assistirem, também gostaria de saber a opinião quanto a isso aqui nos comentários!

Follow Me:

Posts Relacionados