Conheça The Legendary Witch e o pão que as detentas amassaram

Normalmente em histórias que envolvem crimes, o final se dá na prisão ou em não conseguir encontrar o culpado (ou não condená-lo). Mas o que acontece com as pessoas que se deparam com essa nova realidade aprisionada? Aqui é a Bogo e o texto que você está lendo é sobre o drama The Legendary Witch, que mostra como ex-detentas  conseguiram montar uma padaria após uma série de acontecimentos.

Às vezes as sociedades transformam os presos em só isso, fazendo desaparecer os traços que também os formam como humanos. Essa novela coreana tem algo em comum com Prison Playbook, outra bem conhecida e atualmente disponível na Netflix: elas tentam dar uma visão mais humana sobre a rotina de quem é preso na Coreia.

Se você, assim como eu, já parou para pensar se a forma como as coisas estão sendo feitas no sistema prisional e de justiça é realmente eficaz, e como nós encaramos aqueles presos, talvez seja interessante tirar um tempinho para assistir séries como essas.

Ficha técnica

Título: The Legendary Witch; The Legendary Witches; 4 Legendary Witches (전설의 마녀)

Gênero: Drama Familiar, Comédia, Romance

Número de Episódios: 40

 

© The Legendary Witch

Qualquer um que pegue o título e o cartaz oficial desse drama pode se confundir. Como que é que uma história que mostra mulheres usando roupas de padeiras e cujo nome fala de bruxa tem a ver com prisão?

É, esse drama parece mesmo uma grande mistura. Talvez seja esse mais um motivo* para o título se referir a uma bruxa: o caldeirão de temas que a obra traz. Mas o fato é que essa história está virada no estilo makjang de novela coreana ao mesmo tempo que consegue trazer muito bem traços de drama familiar. 

Makjang é como chamam novelas coreanas que possuem características exageradas como uma grande conspiração, situações fora da realidade, temas polêmicos ou reviravoltas estrondosas.

*O nome do k-drama é explicado dentro da própria história, mas não vou trazer aqui para não tirar a graça de se descobrir assistindo.

Então, sobre o que é The Legendary Witch?

© The Legendary Witch

The Legendary Witch conta a história de 4 moças que foram presas por motivos diferentes e se encontram no mesmo presídio. Com o passar da trama, é possível notar semelhanças e ligações entre as histórias delas. Assim, Soo In, Bok Nyeo, Pung Geum e Mi Oh estreitam laços para chegarem a objetivos em comum que tratam de apoio e vingança. No caminho, também conhecemos outros personagens importantes na trama, como pares românticos e famílias, que ajudam a elaborar ainda mais as histórias.

Esse dorama fantasioso e bem mais puxado para a positividade possui um fato muito interessante que é sobre ele não terminar no momento em que as moças saem da prisão. Ele acompanha a protagonista do momento anterior à sua perda de liberdade, pelo crescimento da personagem e envolvimento na prisão e depois com a hora de encarar a realidade de volta no mundo.

A Grande Protagonista 

© The Legendary Witch

Como disse anteriormente, The Legendary Witch tem uma protagonista que se destaca na história. O grande foco desta história é em Moon Soo In, uma jovem órfã e viúva que vê sua vida virando pelo avesso e desvirando ao longo da história. Ela é a peça que liga todas as histórias e que é imprescindível para a trama. 

E, sim, nota-se claramente o exagero de Makjang até por terem feito a mocinha principal como órfã e viúva. Não basta ser um clichê, tem que ser dois logo de cara e mais alguns tantos por aí.

Temos nessa história também, as várias faces das mulheres. Em vez de somente mostrarem a vilã e a mocinha, essa trama retrata a realidade de mulheres distintas: são mostrados traços de mãe, de sogra, de bad-girl, de trambiqueira, de pastel/trouxa,  de pensamento forte, entre outros. Isso tudo de uma maneira bem exagerada, então é possível entender cada representação.

O Sufoco da Prisão

© The Legendary Witch

Ainda acerca do exagero de The Legendary Witch, vamos a mais um fato típico de novela: a prisão errada. Sabemos que esse elemento foi usado para mostrar como é sofrida a vida de algumas personagens, mas ele também é comum na realidade. 

Volta e meia encontramos notícias de pessoas que foram presas sem provas corretas ou por falta de evidências, como no filme Memórias de Um Assassino (leia o artigo). Se já deve ser um momento duro para quem cometeu os crimes, imagina só para quem é inocente e não conseguiu provar. 

Porém, uma coisa é certa, o drama busca retratar a tentativa de algumas detentas em tornar aquele ambiente com um ar tão ruim em respirável. Convém também dizer que essa história tenta mostrar a cadeia como um local também de aprendizado, o que deveria acontecer em todas essas facilidades, não é? É nesse contexto que trabalham a permanência das moças desta cela específica.

Aprendizado Pela Convivência 

Se tem uma coisa que é ridícula em muitas séries, shows, novelas e etc, é essa necessidade de colocar mulheres para ficarem sempre umas contra as outras. Então quando uma história traz o mote de que eles vão mostrar a construção de amizades bonitas e fortes entre mulheres, ah, isso aí já vale por um milhão. (Mesmo que ainda tenha bastante puxão de cabelo e intrigas no meio)

© The Legendary Witch

A amizade dessas mulheres, embora elas sejam totalmente diferentes, com realidades muito separadas e ao mesmo tempo próximas, é confortante de se assistir. Nos faz pensar bastante que lá no fundo do poço tem outra pessoa que está passando por algo parecido e que quem está nessa situação quando dá as mãos cria um vínculo maravilhoso.

Padaria e Amizade

© The Legendary Witch

Sendo assim, chegamos a minha parte preferida da trama: a padaria. Esse local é o fruto da amizade e dos perrengues que vemos acontecer por vários e vários episódios. É o resultado de uma amizade tão forte que agregou várias famílias e cria um ambiente tão gracinha de se estar.

Apesar do plano de fundo que instiga a pensar na vingança, essa história aflorou bem mais o outro lado. A fortaleza construída pela amizade e pelo apoio entre as detentas é algo inquestionavelmente bonito de se ver. Fortaleza não, um jardim de flores.

Conclusão

Apesar de ter muita coisa romantizada nessa história, ela é muito fofa de se ver. Parece uma baita novela das 18hrs, aquelas levinhas e cheias de momentos cômicos, acrescida de várias reflexões. Consigo claramente ver esse drama passando numa televisão brasileira! Será que você também consegue?

Follow Me:

Posts Relacionados