Coreano também erra! Summoners War: Lost Centuria

Olá, aqui é o amigão da vizinhança, o Jony. Traremos hoje um assunto polêmico! Coreano também erra? Jogos mobile flopam antes mesmo do lançamento? Com2us, dona do Summoners War na verdade é Troll2us? Tudo isso e muito mais só no Jorn…, não pera. Tudo isso e muito mais no seu, no meu, no nosso Animystic.

summoners war lost centuria

©https://bunnygaming.com/

Summoners War, o início!

A Com2us é uma empresa coreana desenvolvedora de jogos mobile. Tem em seu catálogo jogos dos mais diversos tipos, desde games de pesca e baseball a jogos de RPG. Sempre claro, voltada aos smartphones. Porém foi em 12 de junho de 2014 que a empresa deu seu tiro mais certeiro: Summoners War.

O jogo se baseia em uma batalha por turnos na qual o jogador monta seu time com personagens únicos (até agora). É um jogo no estilo gacha, que se difundiu depois do sucesso estrondoso e meteórico de Genshin Impact. Em jogos assim, você não cria seu personagem ou seu time, você invoca-os. No Genshin, por meio de pedras. No SW em geral, por meio de pergaminhos. E no Summoners tem muita coisa para se fazer. Muita mesmo.

Entre farm de runas e batalhas PvP (jogador versus jogador) em tempo real, o queridinho da Com2us atingiu a incrível marca de 50 milhões de downloads ao redor do mundo mundo apenas na Google Play Store. É sem dúvida o maior game da empresa.

E depois de 6 (rentáveis) anos, é meio normal que o game perca um pouco de sua fã base. Mas a empresa coreana não deixou barato. Criou o campeonato mundial do game, SWC (Summoners War Championship). Fez uma parceria com a CAPCOM e trouxe os personagens do Street Fighter pro jogo. Trouxe melhorias que outros gachas tinham, como auto-farm. Mas não era o suficiente.

Não para a Com2us.

summoners war street fighter

©www.pocketgamer.com

Skylanders, o erro.

Na tentativa de manter os jogadores de gacha em jogos da própria empresa, a Com2us lançou SkylandersTM Ring of Heroes em parceria com a Actvision. Um jogo com mecânicas quase idênticas à Summoners War. De diferencial, um sistema de lutas que envolvia não apenas recarga da habilidade, mas também o uso de energia. Diferentemente do SW, para se invocar os bonecos mais fortes do jogo, além das mecânicas comuns, era possível em Skylanders acumular fragmentos dos mesmos. Tinha tudo para dar certo né? Errado.

Com micro transações caríssimas e que favoreciam quem pudesse gastar, personagens pouco cativantes e chefes fracos, Ring of Heroes caiu no esquecimento rapidamente. Competir com outros gachas mobiles como Saint Seiya Awakening, o próprio SW e o mais recente Genshin ficou difícil para os Skylanders.

skylanders ring of heroes summoners war

©wallpapercave.com

Summoners War: Lost Centuria e a nova tentativa.

A Com2us aproveitou o sexto ano do Summoners War para ouvir o público. Atualizou muito bem o game, colocou auto-farm, melhorou os sistemas de administração de runas. Mas queríamos mais. Queríamos uma melhoria visual, num já muito bonito jogo. E ela veio na forma de uma surpresa.

A empresa anunciou dois games que viriam no futuro e teriam como tema central o universo de SW. E o primeiro deles veio, Summoners War: Lost Centuria, que está na sua fase de Early Acess (acesso antecipado) depois de uma fase de testes de uma semana.

A desenvolvedora coreana tentou manter o que fez de certo nos jogos anteriores. Por exemplo, uniu o universo de sucesso de Summoners War ao sistema de fragmentos e também mudou as batalhas. Em primeiro lugar, as habilidades dos personagens surgem aleatoriamente e dependem de energia para serem lançadas, além disso o jogo se embelezou muito. Os personagens apesar de muito diferentes dos originais, estão bonitos e os efeitos visuais das skills anima muito. É um jogo com mais foco em PvP do que necessariamente em farm, como seu antecessor. Segue da mesma forma o sistema de evoluir os monstros usando cartas também agrada.

No entanto o game não tem apenas qualidades. Muitos personagens na mesma luta (sempre oito de cada lado), a câmera muito afastada durante as lutas, falta de conteúdos realmente inovadores e a estranheza no método de runas pesam contra. Na fase beta não tinha conteúdo pago, porém certamente a empresa explorará o sistema de micro transações. Há de ser um jogo Pay to Win (pague para vencer). No entanto, torcemos para que não seja.

Conclusão

Para resumir, é impossível dizer que o jogo será um sucessor natural do consagrado Summoners War. Mas tem potencial para crescer bem, desde que a Com2us faça um trabalho diferente de divulgação e suporte e caso não cometa os erros que fez com Skylanders.

Quem sabe daqui um tempo temos também o SWC: LC?

Esperemos as atualizações futuras e o desenrolar do game.

summoners war lost centuria

©kongbakpao.com

E você? Já jogou Summoners War? E o Lost Centuria, gostou? Comenta ai pra gente.

Posts Relacionados