Dr Stone: A Trilha da Ciência

Olá a todos! Aqui é o Bruno Rezende, também conhecido como D.A(Doctor Anime) e hoje venho falar sobre um anime que tem muito a ver com meu apelido, também conhecido como o anime da ciência, vamos falar sobre Dr.Stone: A trilha da ciência!

Um pouco sobre a obra

Dr.Stone é um mangá escrito por Riichiro Inagaki e ilustrado por Boichi. 

Sua publicação é realizada através da Weekly Shonen Jump desde 6 março de 2017, divulgado através da editora Shueisha. Em 2019 recebeu uma adaptação para anime pela TMS Entertainement, estreando em 2021 sua segunda temporada.

A obra conta sobre a vida do jovem Senku após um evento drástico no Mundo, onde em determinado dia uma explosão misteriosa afeta todo o globo, transformando todos os humanos em pedra.

Milhares de anos depois, essa petrificação começa a ceder. Ele e vários outros colegas acordam desse estado e se deparam com um mundo totalmente diferente: a natureza tomou conta e a humanidade regrediu para os tempos da pedra.

O jovem Senku sempre foi um rapaz com um QI acima da média, apaixonado pela ciência, desde criança dedicou-se a aprender tudo o que podia sobre a Ciência e a Tecnologia. Ele realizou descobertas e feitos que muitas vezes um adulto em curso superior não obtem. Sendo assim, ele toma para si a missão de reconstruir a humanidade e desvendar o mistério por trás da petrificação da humanidade.

A trilha da ciência

Essa é uma obra que, acima de tudo, tem dois grandes objetivos: nos fazer refletir sobre a atualidade e educar as pessoas.

Uma meditação muito básica que podemos fazer hoje mesmo é pensar sobre nosso dia-a-dia. Olhe para a tela , na qual você está vendo esse texto, pense nos componentes eletrônicos por trás do funcionamento desse dispositivo, se questione a respeito da eletricidade e da bateria por trás dessa invenção. Agora faça a seguinte pergunta: “Eu saberia explicar e reproduzir isso? Saberia criar essa coisa novamente do zero?” Muito provavelmente a resposta será: não.

É normal que as pessoas usem a tecnologia no dia-a-dia para facilitar seus trabalhos. Máquinas ou automações, a humanidade tornou-se dependente dos frutos da Ciência e devido ao grande progresso acelerado dela, fica difícil entender como o processo é feito ao todo, por isso preferimos esquecer, em boa parte, os processos e os inventores, deixando essas tarefas para os acadêmicos e o público comum adotando o papel de simples usuários.

 

Dr Stone a trilha da ciência

© Dr Stone, TMS Entertainment

Para além das automações, usamos muita tecnologia no dia-a-dia e sequer temos consciência disso. Dr.Stone tem essa magia de através dos pensamentos de Senku questionar se sabemos sobre tudo que consumimos, afinal até mesmo através de algo como um antibiótico ou um simples refrigerante há muito conhecimento envolvido.

O jovem cientista é de fato um personagem excêntrico e incomum, afinal é praticamente impossível uma pessoa deter tanto conhecimento como ele, decorando a fórmula de complexas moléculas químicas, o passo a passo de sua síntese, as propriedades físico-química de diversos compostos, as teorias e invenções de diversos dos mais ilustres cientistas, é impossível para um indivíduo deter tamanho conhecimento de forma detalhada.

Porém, a licença poética adotada pelo mangaka ao criar um personagem tão genial é exatamente para mostrar o que ele chama de “Trilha da Ciência”, ou como nós conhecemos, o Método Científico.

O Método Científico

O método científico é a metodologia aprendida por quase todo estudante do ensino superior e que tem por objetivo, através de uma rigorosa sequência de procedimentos, conseguir produzir uma teoria validada através de comprovações, demonstrações e testes, criadas a partir da observação e hipótese de um fenômeno.

Em suma, podemos colocar o método científico como uma sequência de passos, resumida em: Observar, criar uma hipótese, testar, corrigir as falhas, testar novamente, reproduzir, concluir. Evitando bastantes detalhes, esse é o “roteiro” por trás desse método que é a base de todas as tentativas de Senku.

Usando essa metodologia, a Ciência conseguiu produzir muita coisa, teoria, tecnologia, dentre várias outras invenções que hoje são base para nosso dia a dia. 

Dr.Stone tem esse lado educacional, nos faz relembrar quem foram as mentes por trás dos inventos e evoca os grandes nomes da Ciência, como: Einstein, Tesla, Newton, Edison, esses são alguns dos cientistas abordados pelo protagonista da obra e que revelam o quão pouco sabemos do tanto que usamos.

Além da ciência, o anime também mostra outras discussões, afinal qual lado é superior? A força bruta ou o conhecimento? A que ponto o planeta pode pagar o preço pela evolução da Ciência? 

As limitações de uma obra

Ainda que o mangá seja brilhante ao nos fazer refletir sobre a tecnologia e suas considerações, ele também tem uma limitação e um lado ético a cumprir.

Veja bem, é impossível mostrar todos os passos de uma criação científica fielmente, estamos falando de anos de estudos condensados em artigos e experimentos, desse modo se fosse demonstrar a fio, estaríamos falando de uma temporada por invenção, o que por si só seria bem complexo.

Shueisha

© Dr.Stone, Shueisha

 

Além disso, há um limite ético por trás de Dr.Stone, por que isso?

Senku tem algumas descobertas que acabam abordando certos compostos que são conhecidos por causarem problemas, tais como a família dos Nitrotolueno e o famoso Trinitrotolueno(TNT), usado na também famosa dinamite. Além disso há outros compostos principalmente nocivos para a saúde que são abordados. 

Desse modo, há um limite até onde o mangaka pode demonstrar e falar sobre, afinal não queremos que ninguém por aí saiba fazer Dinamite apenas por ler Dr.Stone não? Deixemos isso para os estudiosos do assunto.

Obrigado pelo tempo e espaço de leitura.

Por fim, Dr.Stone é uma obra que aborda muitas coisas, principalmente a Ciência, com uma dimensão de reflexão, educação e crítica. Torna-se uma obra praticamente obrigatória para todo entusiasta por esse assunto e uma ótima forma para os curiosos de aprender e se divertir.

 

Até a próxima !

Bruno Rezende

Estudante, 23 anos, curioso e leitor assíduo. Apaixonado por animes, e sempre afim de aprender.
Follow Me:

Posts Relacionados