Dublagem Brasileira – História de como surgiu (parte I)

Olá pessoas, eu sou a Bruna Tais, hoje nesse blog falarei sobre a história da dublagem brasileira, simultaneamente esse nicho cresce e desenvolve a cada ano, com a grande importância da dublagem cada vez mais temos a oportunidade de prestigiar obras.

Introdução

A princípio a dublagem pode ser definida como o ato de substituir a voz original de produções áudio visuais (filmes, series, animações, documentários, novelas, etc) pela voz e interpretação de um ator, quase sempre em outro idioma. As vezes a dublagem é realizada no idioma original, com o intuito de melhorar a entonação do áudio original, isso ocorre principalmente em comerciais e musicais, ou quando há alguma falha na captação do som direto. Geralmente a dublagem é feita por “estúdios de dublagem”, onde diversos profissionais atuam para adaptar e interpretar, da melhor forma possível, falas do idioma original.

Linha Temporal

1938

  • A dublagem de filmes estrangeiros no Brasil teve início no ano de 1938, e o primeiro filme dublado foi a Branca de Neve e os Sete Anões, a mesma foi feita pelo Studio ZIV em São Cristóvão, Juntamente a voz de Branca de Neve ficou a cargo de Dalva de Oliveira, a “rainha do rádio”.. Simultaneamente os filmes Brasileiros já contavam a dublagem para resolver os problemas de qualidade de áudio devido aos equipamentos precários da época, graças a isso, logo a dublagem de filmes estrangeiros tornou-se algo natural. Com o sucesso da televisão, a necessidade da dublagem ficou cada vez maior e aos poucos os brasileiros acostumaram-se com a ideia.

Funcionários do antigo estúdio ZIV

1946

  • Herbert Richers cria um dos primeiros estúdios de dublagem 100% nacional (Herbert Richers S.A. que continuou em operação até 2009).

1958

  • Nasce a Gravasom, uma associação da Screen Gems subsidiária da Columbia Pictures, lá foram dubladas algumas das séries que marcaram a década de 50 no Brasil como Rin tin tin, Papai Sabe Tudo, Os Flintstons, etc.
  • Na telinha, o primeiro programa exibido em português foi a série americana Ford na TV.

1962

  •  Infelizmente esse estúdio veio a falir em meados de 1962
  •  Naquela época, todo o elenco de dublagem de determinado filme, série ou desenho tinham que trabalhar juntos, porque só havia um canal disponível para as gravações das vozes. Atualmente os dubladores atuam separadamente.
  • Um decreto do presidente Jânio Quadros determina que todos os filmes transmitidos pela TV deveriam ser dublados.
  • A medida impulsionou o surgimento de estúdios como o AIC (atual BKS), que dublou séries clássicas como Os Flintstons, Perdidos no Espaço e Viagem ao Fundo do Mar.

1993

  • Contudo para quem foi criança na década de 1990, o estúdio Gota Mágica é sinônimo de nostalgia. Fundado em 1993, tornou-se referência por trazer, pela primeira vez para o português, animes como Os Cavaleiros do Zodíaco, Sailor Moon, Dragon Quest, Samurai Warriors, Guerreiras Mágicas de Rayearth e Dragon Ball e a famosa série Chaves.

 

 

A mágica da dublagem

Inicialmente quando falamos sobre o dublador, nos referimos ao ator que sobrepõe uma interpretação vocal em um produto audiovisual nacional ou estrangeiro. De acordo com aquele que cria uma voz para um personagem animado, não está necessariamente dublando, na maioria das vezes, a interpretação vocal é feita antes da produção do desenho. Existe diferença entre ambas e também outras técnicas de tradução das produções.

Voice Acting

Nos Estados Unidos, o ramo de interpretação vocal é conhecido como voice acting, termo no qual engloba os artistas que trabalham como rádio-atores, dão vozes aos personagens de cartoon e outras formas de animação.  A dublagem de produtos estrangeiros é mais conhecida como dubbing, este é a parte de caracterização vocal mais difundida no Brasil.

A primeira vez que precisou criar uma voz para um filme animado foi no curta-metragem O Barquinho do Mickey, primeiro desenho sonoro da história, um dos personagens de maior sucesso até hoje, o camundongo de orelhas arredondadas, consequentemente, para um império financeiro comandado por Walter Elias Disney.

Lançado apenas um ano após o primeiro filme falado, O Cantor de Jazz, O Barquinho do Mickey alcançou sucesso imediato. Em suas primeiras aparições, foi interpretado pelo próprio Walt, que não encontrava pessoas capaz de fazer a voz como ele desejava nos testes prévios,  quando Jim McDonald, um veterano de efeitos sonoros vocais do estúdio, o substituiu.

Mickey

O Barquinho do Mickey – Walt Disney

Nas primeiras animações sonoras para o cinema, as vozes eram feitas pelos próprios desenhistas ou outras pessoas que trabalhavam nos estúdios. Para compensar, eram recheadas de músicas, onomatopeias e uma variedade de sons e efeitos sonoros.

Porém, na década seguinte, esta brincadeira começa a ficar mais séria.  Mais pessoas começaram se interessar por voice characterization dos cartoons, principalmente os rádio-atores, pois este era um jeito de conseguir aumentar a renda.

Primeiros dubladores

Orlando Drummond

Foi parar no Guinness Book por ser o dublador que dublou o mesmo personagem por mais tempo, no caso o Scooby-Doo por mais de 35 anos. A maioria dos personagens pelos quais é mais conhecido são de obras dos anos 80, assim como o Vingador de Caverna do Dragão, Alf de Alf o Eteimoso, e o Gato Guerreiro de He-man.

Dublagem

Garcia Júnior

Garcia Jr. começou na dublagem aos 10 anos de idade em 1977, na BKS, substituindo Olney Cazarré no personagem Pica-Pau, e de fato tornou-se conhecido por ter dublado He-Man, Pica-PauPato DonaldSimba em O Rei Leão, Gênio na série animada Os SmurfsSkyfall e Spectre. Em conclusão Garcia Jr. era um dos dubladores mais escalados da Herbert Richers.

Dublagem

Older Cazarré

Older Bernard Cazarré foi um ator e dublador brasileiro. Ele é conhecido por ter dublado o personagem Jaiminho, em Chaves, na série clássica. Além disso, Cazarré era irmão do também dublador Olney Cazarré. Older faleceu em 1992, aos 57 anos, de fato vítima de uma bala perdida.

Older Cazarré - Dublador

 

Bom galera eu vou ficando por aqui, aguardo vocês na parte II desse texto, e espero que gostem, pois fiz com muito carinho, enfim beijos e até mais.

Veja outros artigos: Aqui

Posts Relacionados