Produtor de Kimetsu no Yaiba fala sobre a maior dificuldade em adaptar a série

O produtor da adaptação em anime de Kimetsu no Yaiba, Yuma Takahashi, após ter revelado que uma continuação do anime depende dos fãs, conforme noticiamos aqui, também disse quais tem sido os aspectos mais desafiadores para a criação da animação.

“A questão de “como podemos fazer o melhor anime de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba” é provavelmente a coisa mais difícil. Por exemplo, no episódio 1 da cena em que Giyu confronta Tanjiro sobre desistir do direito de viver ou ser morto, o animador desenhou e reescreveu a cena inúmeras vezes tentando capturar aquela cena poderosa do mangá”, comentou. “Esse processo é feito para cada episódio, cada corte, então podemos dizer que é um fluxo interminável de dificuldades, mas acredito que foi assim que acabamos com um anime tão extraordinário. Em particular a batalha decisiva no Monte Natagumo no episódio 19 é realmente incrível”, completou.

Com direção de Haruo Sotozaki (Tales of Zestiria the X, Tales of Symphonia the Animation) a animação está a cargo do estúdio ufotable (Fate/Zero, Kara no Kyoukai, Katsugeki: Touken Ranbu), enquanto o design de personagens é de Akira Matsushima (Maria Watches Over Us, Tales of Zestiria the X). Kimetsu no Yaiba tem sido um dos grandes sucesso da temporada e angariando um elevado números de fãs tanto no Japão quanto no ocidente.

Sinopse:

“A história se passa no período Taisho no Japão. Tanjiro é um garoto de bom coração que vende carvão para viver, mas um dia quando ele retorna a sua casa, infelizmente se depara com seus parentes assassinados por um demônio. Mas Nezuko, sua irmã mais nova, sobrevive, entretanto, foi transformada em um demônio. Em busca de vingança e pela cura de sua irmã, Tanjiro decide se tornar um matador de demônios.”

O mangá de Kimetsu no Yaiba, de Koyohaku Gotouge, começou a ser publicado em fevereiro de 2016 pela Weekly Shounen Jump, da Shueisha, com o 14º volume lançado em 4 de janeiro deste ano.

Fonte: Aqui!

Follow Me:

Posts Relacionados