O que de Melhor e Pior aconteceu no mundos dos Games em 2020

Apesar das dificuldades, o ano teve muitos lançamentos no mundo dos games. Seu amigo Jony está aqui para te contar o melhor e o pior em 2020 nos vídeo jogos. Tem surpresas nessa lista viu? (Polêmicas então!!!). Bora lá?

melhor pior 2020: trofeu

©https://br.freepik.com/

OS PIORES

Se a gente olhar só a lista dos piores da Metacritic, vamos ver muitos jogos não tão conhecidos. Por isso vamos falar dos mais hypados (esperados) que floparam (desapontaram) total.

O Pior de 2020: Fast & Furious Crossroads – PS4, Xbox One e PC

melhor pior 2020: fast & furios crossroad

©https://pt.gameme.eu/

Uma franquia dos cinemas de ENORME sucesso, milhões de fãs ao redor do mundo e ainda por cima envolvendo carros maneiros. Receita de sucesso para os vídeo games certo? Talvez seja uma ótima receita mesmo.

MAS QUE DECEPÇÃO!

O jogo baseado em Velozes e Furiosos na verdade precisa mudar pouco. De preferência o início, o meio e o fim. Remodelar os gráficos e a jogabilidade. Deletar e começar de novo. Ai talvez fique bom.

Não sabemos se ele foi lançado para Ps4 e Xbox One ou para Ps1 e Game Cube.

Mas pelo menos tem um lado bom né? Um jogo mal feito assim deve sofrer com poucos bugs, já que com certeza a desenvolvedora focou nisso. NÃO. Nem isso!

De bom mesmo, só o Vin Diesel no game (dirigindo não carros à diesel, mas à gasolina – piadas de tiozão de natal mode on).

Que dó de Brian O’Conner, Dominic Toretto e companhia.

Predator Hunting Grounds – PS4 e PC

predator hunting grounds

©https://manualdosgames.com/

‘Mas Jony, você está perseguindo os jogos baseados em filme.’ ‘Mas Jony, tiveram jogos muito piores que estes.’

Gente não é minha culpa se os games que dão mais hype são os que já tem uma fã base que vem das telonas. E digo mais. Um jogo do Predador com mecânica igual ao do Dead By Daylight tinha tudo pra dar certo.

É, tinha.

O jogo tem menos problemas de gráficos que o citado Fast & Furious Crossroads. Mas é fraco no aspecto personalização, já que quase não se pode mudar nada. Se a empresa queria dar essa opção, que ela viesse bem feita. Mapas diferentes também não tem muitos. Quase sempre a mesma coisa. A IA (inteligência artificial) do game é bem burrinha. E por algum motivo inexplicável é muito mais fácil vencer como humano que como monstro (contém ironia). Bugs todo game tem, mas num game com ‘esse porte’ o Predador ficar bugado nas paredes e objetos, não se mover e ser alvejável ainda é absurdo demais né.

OS MELHORES

Parece que em 2020 tudo que podia dar errado deu errado e o que parecia dar certo deu errado também né. Mas não foi assim não. Tivemos jogos sensacionais. Mas eu listarei os que mais me chamaram atenção. Curiosamente (ou não) ambos são exclusivos da Sony.

Ghost of Tsushima – PS4

melhor pior 2020: ghost of tsushima

©https://dublagem.fandom.com/

Eu tive o privilégio de assistir o trailer desse game maravilhoso na E3 de 2018. Difícil até hoje saber se era um trailer de jogo mesmo ou de filme.

A Sucker Punch (mesma desenvolvedora da sensacional série Infamous) caprichou muito em cada detalhe que colocou no trailer. Mas ahá! Não somos mais enganados por trailers caprichados (né Anthem?). A vacina contra o hype já veio cedo! Ghost of Tsushima precisa muito se provar. Não acharam que era só colocar um tema maneiro como o Japão Feudal, unido a gráficos espetaculares, mecânicas de stealth (furtividade) e combate muito bem arrumadinhos, e muito sangue seria o suficiente para nos ganhar né?

Sim, foi sim. Acertou em cheio SP. Talvez ‘o maior erro’ desse jogo tenha ser sido lançado no mesmo ano que o próximo game da lista. Na minha opinião seria o Melhor jogo de 2020, não fosse o…

Não só candidato a Jogo do Ano, a desenvolvedora levou pra casa o caneco de Melhor Direção de Arte do Oscar dos Games, O The Game Awards. Além do merecido título, foi indicado em mais 6 categorias.

Parabéns Sucker Punch!

O Melhor 2020: The Last Of Us Part II – PS4

melhor pior 2020: the last of us 2

©https://tecnoblog.net/

Previsível né?

Jogo do Ano, Melhor Direção, Melhor Narrativa, Melhor Jogo de Ação e Aventura, Melhor Design de Áudio, Melhor Atuação com Laura Bailey como Abby e Inovação em Acessibilidade.

7 títulos entre 10 indicações. Só olhando o The Game Awards entendemos já porque o GOTY (Game of The Year) 2020 PRECISA estar nessa lista.

Se você ainda não se convenceu, olhe a incrível nota de 93 no Metacritic.

‘Ahh mas ainda não é suficiente’. Então jogue essa obra-prima que a Naughty Dog nos presenteou.

Com uma expectativa enorme desde o término de The Last of Us, o segundo game da franquia era esperado por todos, afinal gostaríamos muito de saber o que aconteceu com Ellie depois que Joe a salva né?

Uma jogabilidade aprimorada e refinada, novos infectados, personagens sombrios e claro uma história de tirar o fôlego elevam a experiência desse jogo a um nível acima.

Devemos todos aplaudir com os pés esse jogo fantástico. Porque as mãos precisam estar ocupadas com o Joystick.

Encerramento mais que digno dessa geração maravilhosa!

Menção (Des)Honrosa – Cyberpunk 2077

cyberpunk 2077

©https://rollingstone.uol.com.br/

Ok, vamos lá, o jogo em si não é ruim. Mas o flop está na forma como a CD Project Red conduziu o game. Ele foi anunciado em 2013, logo era um game para a geração de Ps4 e Xbox One certo?

Certo. Além disso, como tiveram váááários adiamentos até seu lançamento em dezembro de 2020, esperávamos o jogo lisinho certo?

A desenvolvedora seguiu um caminho contrário do habitual, liberando primeiro o jogo para o PC e depois para os consoles. No PC tivemos problemas de desempenho e otimização, mas logo ocorreram patchs de correção. No geral tem uma campanha curta, por volta de 30 horas (pouco para um jogo tão esperado), mas com vários caminhos diferentes para seguir e secundárias para cumprir. Mas o que estraga de verdade é o jogo nos consoles base (Ps4 Slim e fat e Xbox One).

Se nos novos Ps5 e Xbox Series o jogo roda razoavelmente bem (razoavelmente mesmo), no Ps4 e no One Cyberpunk passa aperto. Quedas absurdas de FPS (frames por segundo – quadros por segundo na tela), bugs constantes, texturas mal acabadas (incluindo NPCs que parece ter vindo do Playstation 1) e desaparecimento de vários NPCs nas cidades tornaram o jogo no mínimo injogável. Não à toa a Sony decidiu por remover ele da loja e reembolsar quem solicitasse. Os fãs da CD estão irritadíssimos. As ações da empresa despencaram e os funcionários foram cobrar os diretores.

É isso mesmo que você leu.

Todos ficaram revoltados.

Que papelão dona CD.

melhor pior 2020: cyberpunk

©https://www.tecmundo.com.br/

E pra você? Qual a surpresa boa? O destaque? A decepção? Compartilha com a gente ai!

Posts Relacionados