2 homens são presos por vender cartas falsificadas de Dragon Ball Heroes Card Game

A polícia da prefeitura de Kyoto e Akita prenderam 2 suspeitos na ultima terça-feira por estarem falsificando cartas do jogo arcade de Dragon Ball Heroes.

O suspeito em Akita é um homem de 19 anos que supostamente vendeu mais de 1.000 cópias de reproduções ilegais. As autoridades alegam que o suspeito vendeu oito cartões através de um leilão na Internet por cerca de 6.900 ienes (cerca de 229 reais) para dois residentes masculinos, em janeiro.

O suspeito em Kyoto é um homem desempregado de 38 anos que conseguiu 1,2 milhão de ienes (cerca de 40 mil reais) em vendas falsificadas desde julho de 2015 até março deste ano. Ele vendeu cerca de 7 cartas do Dragon Ball Heroes para três estudantes de 17 anos do ensino médio afim de ganhar 2.200 ienes (cerca de 73 reais) para cada um deles. A polícia revistou sua casa e apreendeu seu estoque de cartões falsificados e equipamentos de fabricação. O suspeito afirmou após sua prisão que estava “ciente de que era um crime, mas era simples de fazer e uma maneira fácil de ganhar dinheiro”.

O arcade card game da série Dragon Ball é um dos mais populares entre as crianças de 10 e 15 anos de idade, nos game center’s japoneses. O arcade card game é oferecido pela empresa de jogos da Bandai.

Henry(Vulpixs) Yamaguchi

Fundador e CEO do Animystic. Moro no Japão desde pequeno até então, sou trabalhador diurno e editor de podcast nos períodos da noite. Amante de animes com boa história, literatura e tudo que envolva mitologia

Posts Relacionados