43rd Kodansha Manga Awards Tem os Indicados Anunciados!

A Kondansha,  uma das maiores editoras japonesas anunciou seus 12 indicados em 3 categorias para o seu evento de premiação anual. O 43º Manga Awards terá seus vencedores anunciados no próximo dia 10 de maio. Confira os indicados:

Melhor Manga Shonen:

Act-Age – De Tatsuya Matsuki e  Shiro Usazaki Publicado pela Weekly Shonen Jump (Shueisha).

Sinopse: Uma agência de atores realiza um evento em busca de novos talentos, onde Kei Yonagi, uma jovem sem experiência na mídia, decide tentar sua sorte. Ao não convencer o júri de seu trabalho, ela decide que a melhor coisa para ela e sua família é encontrar um emprego estável e abandonar o seu sonho. Mas, o que ela não sabe, é que um diretor conseguiu ver o incrível potencial que ela tem para a atuação.

The Quintessential Quintuplets (Gotōbun no Hanayome) — de Negi Haruba Publicado pela Weekly Shōnen Magazine

Sinopse: Fuutarou Uesugi é um estudante pobre e anti-social que um dia conhece a rica estudante transferida Itsuki Nakano. Eles discutem, mas quando Uesugi percebe que ele deve ser o professor particular dela, ele tenta melhorar a sua má primeira impressão. Enquanto tenta fazer isso, ele é atacado por outras quatro garotas.

To Your Eternity (Fumetsu no Anata e) — de Yoshitoki Ōima Publicado pela Weekly Shōnen Magazine 

Sinopse: Obra da autora de Koe no Katachi. Um ser imortal foi enviado para a superfície da terra e conheceu um menino que vive sozinho no meio da tundra. O ser pode assumir a forma de coisas moribundas, mas apenas se o “ímpeto” for mais forte do que o anterior. Que tipo de experiências e reuniões o encontro se encontrará enquanto viva para sempre. Uma viagem que começa com uma despedida.

Ao-chan Can’t Study! (Midarana Ao-chan wa Benkyō ga Dekinai) — de Ren Kawahara Publicado pela Shonen Magazine Edge  

Sinopse: Quando Ao estava no jardim de infancia ela sorria de orelha a orelha ao contar aos seus colegas de classe como seu pai, um autor de literatura erotica best seller, escolheu seu nome: “-A de Apple e O de Orgia.” A memoria desses dias ainda assombra a garota, 10 anos depois quando ela estuda para entra em uma universidade de elite e se tornar independente de uma vez por todas. Ela não tem tempo para gastar com coisas da juventude muito menos com garotos, até que “King Normie” Kijima, a aborda para confessar seu amor pela garota. Ela tenta evitar a situação, mas não consegue evitar que sua mente viaje com pensamentos “impróprios” sobre ele, e então percebe que seu pai pode a ter influenciado mais do que imaginava, a garota.

 

Melhor Mangá  Shōjo

Kiss Me at the Stroke of Midnight (Gozen 0-ji, Kiss Shi ni Kite yo) — de Rin Mikimoto publicado pela Bessatsu Friend

Sinopse: Hinana é uma garota que quer se apaixonar por um garoto bonito, mas para todos ela é uma garota que não está interessada por essas coisas. O que ela não sabe é que um idol chegará na sua vida e que ele não é um qualquer se não que o sexy ator chamado Kaede o qual fará com que seu mundo gire a 180 graus. Será que ela vai cair em um amor doce e excitante?

 

Nagi no Oitoma (Nagi’s Long Vacation) — de Misato Konari publicado pela Champion Tap! (Akita Shoten)

Sinopse: A história gira em torno de Nagi Ōshima, uma garota que é muito consciente sobre as pessoas ao seu redor e o humor de todos, e isso faz com que ela não consiga se aproximar de verdade de ninguém. Um dia ela entre em colapso. Após conversar com o ex namorado, ela decide largar o trabalho, se mudar e fugir deixando tudo para trás para tentar começar do zero.

 

Perfect World — de Rie Aruga publicado pela Kiss (Kodansha)

Sinopse: Kawana Tsugumi trabalha em uma empresa de design de interiores. Ela vai para uma festa do escritório de arquitetura de um cliente, e acaba encontrando o seu primeiro amor. Ele está mais lindo do que nunca,mas quando ele está indo embora, Kawana nota que algo mudou. O seu primeiro amor, Ayukawa, agora está em uma cadeira de rodas.

 

Our Precious Conversations (Boku to Kimi no Taisetsu na Hanashi) — de Robico publicado pela Dessert 

Sinopse: O mangá de comédia romântica do ensino médio se centra sobre Aizawa, uma colegial que está apaixonada por seu colega Azuma, mas ela não fala muito na escola. Na estação de trem, Aizawa diz algo completamente inesperado para ele.

 

Melhor Manga em Geral

What Did You Eat Yesterday? (Kinō Nani Tabeta?) — de Fumi Yoshinaga publicado pela Morning (Kodansha)

Sinopse: Kakei Shirou, um advogado puritano, cozinha jantares gourmet para si e seu amante gay de longa data, Yabuki Kenji, um cabeleireiro hippie despreocupado. A história é contada através das lente das preparações dos jantares.

 

Shōwa Tennō Monogatari (Showa Emperor Tale) — de Junichi Nojo Publicado pela Big Comic Original (Shogakukan)

Sinopse: O mangá é baseado em Kazutoshi Kandō’s Shōwashi (History of the Showa Period), com roteiro de Issei Eifuku e supervisão de Shūji Shiwa. É a história biográfica centrada no Imperador Hirohito, conhecido postumamente como Emperor Shōwa, que deu nome à Era Showa (1926-1989) no japão.

 

The Blue Period — de Tsubasa Yamaguchi publicado pela Afternoon (Kodansha)

Sinopse: A história é centrada em Yatora Yaguchi, que se sente vazio e impaciente mesmo quando suas notas são excelentes e ele se encontra no top entre a elite da sua escolar. Um dia quando ele vê uma foto que toma sua coração, ele acaba se jogando no mundo lindo porem árduo da arte. E assim ele decide entrar em uma escola de artes.

 

Watashi wa Dōka Shiteiru (There’s Something Wrong With Us) — de Arisa Natsumi publicado pela Be-Love (Kodansha)

Sinopse: O mangá gira em torno de Nao and Tsubaki, que se conhecem quando crianças enquanto suas mês trabalhavam em uma confeitaria tradicional japonesa. Mas devido a incidente ele acabam se afastando. 15 anos se passaram e Nao e Tsubaki agora trabalham em uma confeitaria japonesa e acabam se reencontrando.

 

No último ano, Paru Itagaki e o seu BEASTARS foi contemplado  na categoria Best Shōnen Manga, e Bakka Okita com seu mangá Tōmei na Yurikago (The Invisible Cradle)  venceu na categoria Best Shōjo Manga. Yuki Ozawa com sua obra Sanju Mariko (Mariko at 80) e a obra de Saburō Megumi e Bin Kusamizu —  Fragile – Byōrii Kishi Keiichirō no Shoken (Fragile – The Finds of Pathologist Keiichirō Kishi),foram os dois, vencedores do Best General Manga award.

 

Fonte: Aqui.

 

Posts Relacionados