Indústria de animes está com escassez de diretores

Este mês numa coluna no Web Anime Style, Shin Itagaki, o diretor de animes como Berserk (2016-17) e Ulysses: Jeanne d’Arc, escreveu que um dos problemas negligenciados na indústria de anime é a falta de diretores de animação.

Segundo Itagaki, este é um problema maior do que a falta de animadores-chave. Nesta era atual, onde muito anime está a ser feito, não há tempo para treinar animadores adequadamente, o que significa que os diretores de animação precisam arcar com mais carga da produção.

Os diretores de animação normalmente supervisionam os quadros-chave desenhados pelos animadores, inspecionam os desenhos e dão feedback quando necessário. Como os diretores de animação geralmente são incumbidos da tarefa de manter a consistência na animação, eles são muito procurados entre os estúdios anime.

Ele afirma:

Hoje em dia, é normal que o diretor de unidade / episódio (enshutsu) e o diretor de animação redesenhem 80 a 90% da animação chave que é enviada.

 

Para enfatizar o alto nível de demanda por diretores de animação, Itagaki disse que, no dia anterior, ele recebeu duas chamadas a pedir que ajudasse como diretor de animação. Ele também mencionou que durante o período decisivo ele atuou como diretor de animação de algumas partes de Ulysses como um papel não creditado.

Itagaki escreveu que quando a “quebra de animação” acontece, geralmente não é por negligência dos assistentes de produção ou porque os storyboards foram concluídos muito tarde, mas porque a pequena / média empresa de produção perdeu para uma empresa maior no mercado da guerra por diretores de animação. Por outras palavras, a produção não tem escolha se não deixar a animação má tal como está.

Na mesma coluna, Itagaki também anunciou que recuperou completamente do seu resfriado após o recente surto de gripe.

Posts Relacionados