Presidente do estúdio confirma: “Kyoto Animation Continuará”

A Kyoto Animation postou uma mensagem, nesta segunda-feira (29/07), para “todos ao redor do mundo” em várias línguas, como: japonês, inglês, chinês, coreano e alemão. A mensagem foi escrita por Hideaki Hatta, leia a seguir:

Uma atrocidade sem precedentes roubou a muitos dos nossos amigos e colegas o seu futuro brilhante e deixou muitos profundamente feridos.
Notícias de todo o mundo dizem-nos que um número incrível de pessoas nos enviou os seus corações e orações, que são como velas na escuridão, para aqueles de nós presos na escuridão da tristeza mais profunda.
Existem muitos amigos e colegas que estão hospitalizados e a sofrer, lutando pelas suas vidas.
Por favor, deem-nos algum tempo.
Nós prometemos que a Kyoto Animation continuará a criar animações que ajudem as pessoas a ter sonhos, esperança e a ficar impressionadas.
A Kyoto Animation continuará a fazer com que os seus funcionários e staff tenham uma vida feliz e contribuam para a sociedade e a comunidade local.
Garanto-vos que a Kyoto Animation não vai desistir, não iremos silenciosamente para a noite… não vamos desaparecer sem lutar!

CEO da Kyoto Animation Co. Hideaki Hatta

Dados do servidor do estúdio 1 foram totalmente recuperados

O advogado Daisuke Okeda que a Kyoto Animation contratou para fornecer comunicações ao público sobre o incêndio, confirmou que todos os dados no servidor localizado no primeiro andar do primeiro estúdio, foram recuperados sem danos.
O servidor foi isolado em uma sala separada completamente cercada por concreto no primeiro andar do edifício. O cômodo estava separado da área da escadaria onde o incêndio começou. Portanto, o servidor foi protegido do fogo e também da água usada nos esforços para apagar o fogo.

A agência nacional de notícias do Japão NHK informou que o secretário do Gabinete do Japão, Yoshihide Suga, afirmou que o governo japonês está considerando medidas de apoio à Kyoto Animation após o incidente. Ele também disse em uma conferência de imprensa na que um grupo de alimentação não-partidária, com todos os partidos, propôs medidas de apoio às vítimas e à empresa. A proposta inclui sugestões de incentivos fiscais para doações e apoio ao treinamento de animadores.

Yoshihide Suga comunicou na conferência de imprensa sobre a proposta que ele está considerando medidas de apoio concretas, mas primeiro quer avaliar a situação com as agências governamentais relevantes antes de discutir medidas como compensação para aqueles que morreram ou ficaram feridos, ou reconstrução da gestão.

O secretário também informou que, em particular, quer discutir o apoio através do Ministério da Economia, Comércio e Indústria, bem como de outras agências governamentais, no que diz respeito à aceitação do dinheiro da doação no país e do exterior.

Sobre o Incidente:

No dia 18 de julho, por volta das 10h30 da manhã, um incêndio devastador eclodiu no primeiro estúdio do Kyoto Animation , matando 35 pessoas e ferindo 33 outras. 30 carros de bombeiros responderam ao incêndio, e os bombeiros foram capazes de extinguir a maior parte do fogo dentro de cinco horas depois que ele começou, mas o incêndio não foi totalmente apagado até as 6h20 do dia 19 de julho.

Os bombeiros encontraram duas pessoas no primeiro andar, 11 no segundo andar, uma pessoa em uma escadaria entre o segundo e terceiro andares e 19 pessoas na escadaria entre o terceiro andar e o telhado. Dos mortos, a polícia informou que 21 eram mulheres e 14 eram homens.

A polícia da prefeitura de Kyoto já prendeu um homem de 41 anos que alegadamente usou gasolina para iniciar o incêndio. A polícia ainda não divulgou uma declaração oficial sobre o motivo do suspeito. O jornal Mainichi Shimbun afirmou que, de acordo com fontes investigativas, o suspeito disse à polícia que iniciou o incêndio porque alega que a Kyoto Animation “roubou seu romance”. O presidente afirmou em 20 de julho que nunca ouviu o nome dele antes, e ninguém com o nome do suspeito apresentou um romance à empresa.

Além de um incêndio em um prédio comercial que matou 44 pessoas em 2001, esse incidente é o segundo pior assassinato em massa da história do Japão após a Segunda Guerra Mundial.

Fontes:

Mensagem do estúdio – Clique Aqui 

Dados do servidor recuperados – Clique Aqui

Medidas do governo do Japão – Clique Aqui

Sara Oliveira

Sou mineirinha, tenho 20 anos, adoro um bom café quente ou uma cerveja bem gelada, sou muito curiosa, e um bolinho de preocupação. Agora que arrumei um oculos de grau, posso enchergar em 4k, e finalmente escrever e me atualizar com os animes.

Posts Relacionados